Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-03-12T19:27:48-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Mercados entram em modo sobrevivência

12 de março de 2020
19:27
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Eu não creio em bruxas, mas o que aconteceu no mercado financeiro na sessão desta quinta-feira beira o sobrenatural. Embora o melhor termo seja irracional.

As explicações e fundamentos ficaram de lado, e os mercados entraram em “modo sobrevivência”, com a fuga de todo e qualquer ativo de risco – e a qualquer preço.

O dia começou com o dólar atingindo a impensável marca dos R$ 5,00, o que levou o Banco Central a ampliar a intervenção no mercado cambial.

Quem também atuou foi o Tesouro Nacional, que anunciou um programa de recompra de títulos diante da disparada dos juros futuros que são negociados na B3.

Mas o maior reflexo do choque provocado pelo coronavírus aconteceu no mercado de ações. A bolsa parou por duas vezes com o acionamento do circuit breaker, algo que eu não via acontecer desde 2008, quando o sistema financeiro global estava à beira do precipício.

As paradas não ajudaram em nada a acalmar os ânimos. No começo da tarde, o Ibovespa derretia quase 20% e caminhava para uma terceira paralisação – que seria inédita na história da bolsa brasileira.

Isso só não aconteceu porque o Fed, o Banco Central dos Estados Unidos, anunciou uma injeção de US$ 1,5 trilhão para garantir o funcionamento do sistema financeiro com um mínimo de organização.

Depois da ação do Fed, o Ibovespa deixou as mínimas, mas ainda fechou em queda brutal de 14,78%, a terceira maior em único dia desde o início do plano real, em 1994, segundo a Economatica.

A equipe do Seu Dinheiro também entrou em “modo sobrevivência” hoje para trazer todas as implicações da crise. O Victor Aguiar acompanhou os mercados desde antes da abertura e conta para você tudo sobre o 12 de março de 2020 — que infelizmente vai entrar para história.

Logo mais eu mandarei também um comentário em áudio pelo nosso canal no Telegram, um benefício a mais que criamos para os leitores do SD Premium. Desbloqueie seu acesso e embarque com a gente.

Adeus, projeções 

Ao lado da Petrobras, as empresas aéreas estão entre as maiores vítimas do choque do coronavírus na bolsa. Prevendo os impactos do vírus no balanço da companhia para este ano, a Azul foi a primeira a companhia a suspender as projeções para seus negócios em 2020, como mostra a Jasmine Olga.

Menos dólar na carteira

A estrelada gestora SPX Capital, de Rogério Xavier, é conhecida por carregar há bastante tempo uma posição relevante comprada em dólar. A aposta se fez certeira com a valorização da moeda contra divisas de vários países, inclusive a brasileira. Depois do ganho, o gestor decidiu diminuir essa exposição, mas isso não significa que esteja animado com o real. Diante da crise, ele também mudou a visão para a trajetória da Selic. Veja o que espera o gestor.

Pechinchas na bolsa?

No meio do sobe e (muito) desce do mercado, quem está disposto a encarar a turbulência e sair atrás de pechinchas poderá encontrar boas ações a preços interessantes em setores como bancos e mineradoras. Quem diz isso é o responsável pelo portfólio de renda variável da gigante BlackRock, Edward Kuczma. Em entrevista ao repórter Felipe Saturnino, ele contou como vê o cenário para o Brasil no longo prazo e falou sobre a presença de estrangeiros na bolsa.

Até o fim 

Após a decisão do Congresso que elevou o limite de renda familiar para a concessão do BPC, o ministro Paulo Guedes disse que vai ao STF e ao TCU para contestar a decisão. O governo acredita que a medida pode provocar um impacto de R$ 217 bilhões em uma década e que isso poderia atrapalhar o ajuste fiscal e a realocação orçamentária para medidas mais emergenciais. Saiba o que mais disse o ministro.

Coronavírus no Planalto

Depois de participar da comitiva de Jair Bolsonaro na visita aos Estados Unidos, o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, testou positivo para o coronavírus e agora aguarda contraprova. Com a notícia, o presidente e sua equipe passaram a ser monitorados. Confira os detalhes.

Enfim uma boa notícia!

Não podia deixar esta newsletter sem trazer pelo menos uma boa notícia. A Petrobras anunciou hoje a redução no preço da gasolina em 9,5% e do diesel em 6,5% em todas as praças. O corte foi provocado pela drástica redução no preço do petróleo no mercado internacional.

Uma ótima noite para você!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

LIÇÕES PARA O SEU DINHEIRO

Recomendações de leitura para um investidor em quarentena

Três livros para você sobreviver ao isolamento e sair deste furacão como um investidor ainda melhor.

O BC e o coronavírus

Preferimos ter um lado fiscal um pouco pior para que as pessoas possam honrar seus contratos, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou que a instituição se preocupa em dar condições às empresas cumprirem suas obrigações financeiras, evitando um movimento de quebra massiva de contratos

Crise da Covid-19

Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de coronavírus

Em 24 horas, o Brasil notificou mais de mil novos casos de coronavírus e outros 72 casos fatais. A taxa de mortalidade no país está em 4,2%

Em conversa com o setor de varejo

Governo faz o máximo para o dinheiro chegar à ponta final, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes, participou de conferência com líderes do setor de varejo neste sábado, detalhando as inciativas do governo na crise do coronavírus

Guerra de preços

Arábia Saudita e Rússia continuam trocando farpas e trazem preocupação ao mercado de petróleo

Arábia Saudita e Rússia voltaram a trocar acusações no âmbito da guerra de preços do petróleo — e já se começa a falar que a reunião emergencial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) da próxima segunda-feira foi por água abaixo

Impactos

Crise do coronavírus reduz consumo de carne e já paralisa 11 frigoríficos no país

A indústria da carne já começa a sentir os primeiros efeitos da crise do coronavírus, com uma menor demanda por produtos — o que paralisa alguns frigoríficos no país

Seu Dinheiro no Sábado

MAIS LIDAS: Um bilionário na luta contra o coronavírus

A notícia a respeito das iniciativas do bilionário Elon Musk no combate à pandemia de coronavírus foi a mais lida dessa semana no Seu Dinheiro

Ano difícil

Braskem fecha 2019 com prejuízo líquido de R$ 2,8 bilhões, revertendo o lucro de 2018

A Braskem encerrou 2019 com um prejuízo bilionário e contração nas receitas e no Ebitda em relação a 2018

LIÇÕES PARA AVALIAR UM NEGÓCIO

8 formas de saber se é um bom investimento

Na escola, seu boletim é a marca do seu sucesso. Nos negócios, são as demonstrações financeiras. Se você quer ser bem-sucedido, precisa saber como tirar conclusões sobre a saúde da empresa e seu potencial.

Queda do petróleo

Distribuidoras de gás natural pedem à Petrobras antecipação na redução do preço

Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) solicitou à Petrobras uma antecipação para 1 de abril na redução do preço do gás natural que vai ocorrer em maio deste ano, da ordem de 10%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu