Menu
2020-03-29T13:56:53-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
pé no freio

Azul é a primeira empresa brasileira a suspender projeções para 2020 e ações despencam

Em documento divulgado ao mercado, a companhia afirma que monitora de perto o impacto do novo coronavírus e que a maior prioridade da empresa no momento é a saúde e segurança de seus tripulantes e clientes. Ações abriram em queda de mais de 30%

12 de março de 2020
10:18 - atualizado às 13:56
Avião da azul
Azul - Imagem: Shutterstock

O coronavírus segue avançando pelo mundo e fazendo as empresas recalcularem as suas projeções e expectativas para 2020. Com o tráfego de pessoas limitado, e a fácil propagação do vírus em ambientes de grande circulação, as empresas do setor aéreo estão mais propensas a sentirem os impactos.

E foi justamente uma companhia do setor a primeira no Brasil a declarar que não conseguirá seguir as suas projeções para 2020.

A Azul, que divulgou o seu balanço de 2019 na manhã desta quinta-feira (12), informou também que suspendeu suas projeções para 2020. O mercado não reagiu bem e as ações PN da companhia (AZUL4) abriram o pregão com queda de 33,82%, por volta das 10h17.

Perto do fechamento do mercado, por volta das 16h55, os papéis caíam 32,86%, para R$ 20,31.

Em documento divulgado ao mercado, a companhia afirma que monitora de perto o impacto do novo coronavírus e que a maior prioridade da empresa no momento é a saúde e segurança de seus tripulantes e clientes.

"Estamos atuando de forma tempestiva para mitigar os efeitos negativos causados pelo alastramento do vírus. Sabemos lidar com desafios gerados por fatores fora de nosso controle […]. Seguiremos comprometidos na entrega de ótimos resultados para nossos acionistas". - John Rodgerson, CEO da Azul S.A em comunicado

Ainda segundo a companhia, antes do surto de coronavírus, que surgiu no fim de 2019 na cidade de Wuhan, na China, a projeção da empresa apontava para uma expansão contínua da margem e crescimento da receita líquida.

Confira as principais medidas tomadas pela Azul:

  • Redução da capacidade internacional entre 20% a 30% para refletir o ambiente atual de demanda;
  • Preventivamente, redução do crescimento doméstico;
  • Seguimento com a substituição de E1 por E2, enquanto as entregas incrementais foram suspensas;
  • Novas contratações suspensas e lançamento do programa de licença não remunerada;
  • Negociação de novas condições de pagamento com parceiros para preservar caixa.

Dor de cabeça internacional

Lá fora, companhias gigantes já vinham demonstrando dificuldades para atingirem suas metas trimestrais e projeções para o ano.

A Apple foi a primeira delas. Com fábricas fechadas na China, a empresa sofre com a queda na oferta global de iPhones. Logo em seguida, a Microsoft também reviu a sua proeção trimestral, citando o impacto do coronavírus.

A rede de cafeterias Starbucks estima que sua receita caia pela metade na China durante o segundo trimestre do ano.

A Flybe, companhia aérea britânica, entrou com pedido de recuperação judicial no Reino Unido.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Pandemia

Brasil registra 11.130 casos de coronavírus e 486 mortes

Foram mais de 800 novos casos confirmados entre sábado e domingo; em 24 horas, outras 54 mortes por causa do coronavírus foram constatadas no país

Crise do coronavírus

Bradesco oferecerá financiamento para pequenas empresas pagarem salários

O Bradesco, primeiro grande banco a anunciar a oferta do crédito emergencial, espera que a medida beneficie até 1 milhão de trabalhadores

Crise do coronavírus

O que os líderes podem fazer em meio à pandemia? Para Bill Gates, há três passos fundamentais

O bilionário Bill Gates listou algumas medidas que julga essenciais para que governos e lideranças políticas possam combater de maneira mais eficaz o surto de coronavírus

Pesquisa Datafolha

59% são contra e 37% a favor da renúncia de Bolsonaro em meio à pandemia

Um levantamento do Datafolha, divulgado neste domingo, 5, mostra que 59% dos brasileiros são contra uma renúncia do presidente Jair Bolsonaro em meio ao combate à pandemia pela covid-19. Outros 37% são a favor, conforme vem sendo pedido por políticos da oposição. Outros 4% não sabem dizer. Para apenas 33% dos entrevistados, a gestão da […]

LIÇÕES PARA O SEU DINHEIRO

Recomendações de leitura para um investidor em quarentena

Três livros para você sobreviver ao isolamento e sair deste furacão como um investidor ainda melhor.

O BC e o coronavírus

Preferimos ter um lado fiscal um pouco pior para que as pessoas possam honrar seus contratos, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou que a instituição se preocupa em dar condições às empresas cumprirem suas obrigações financeiras, evitando um movimento de quebra massiva de contratos

Crise da Covid-19

Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de coronavírus

Em 24 horas, o Brasil notificou mais de mil novos casos de coronavírus e outros 72 casos fatais. A taxa de mortalidade no país está em 4,2%

Em conversa com o setor de varejo

Governo faz o máximo para o dinheiro chegar à ponta final, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes, participou de conferência com líderes do setor de varejo neste sábado, detalhando as inciativas do governo na crise do coronavírus

Guerra de preços

Arábia Saudita e Rússia continuam trocando farpas e trazem preocupação ao mercado de petróleo

Arábia Saudita e Rússia voltaram a trocar acusações no âmbito da guerra de preços do petróleo — e já se começa a falar que a reunião emergencial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) da próxima segunda-feira foi por água abaixo

Impactos

Crise do coronavírus reduz consumo de carne e já paralisa 11 frigoríficos no país

A indústria da carne já começa a sentir os primeiros efeitos da crise do coronavírus, com uma menor demanda por produtos — o que paralisa alguns frigoríficos no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements