Menu
Robert Kiyosaki
Coluna do Pai Rico, Pai Pobre
Robert Kiyosaki
Robert Kiyosaki é autor do best seller Pai Rico, Pai Pobre e outros 25 livros sobre finanças
2020-04-03T18:02:51-03:00
LIÇÕES PARA AVALIAR UM NEGÓCIO

8 formas de saber se é um bom investimento

Na escola, seu boletim é a marca do seu sucesso. Nos negócios, são as demonstrações financeiras. Se você quer ser bem-sucedido, precisa saber como tirar conclusões sobre a saúde da empresa e seu potencial.

4 de abril de 2020
5:50 - atualizado às 18:02
shutterstock_747142177

Para você que está investindo em um negócio, é dono de um ou pensa sobre abrir algum, as sábias palavras do meu pai rico continuam verdadeiras: "Os números revelam a história".

Na escola, seu boletim é a marca do seu sucesso. Nos negócios, são as demonstrações financeiras. Se você quer ser bem-sucedido nos negócios, você precisa saber como ler uma demonstração financeira e tirar conclusões baseadas em fatos sobre a saúde da empresa e seu potencial.

As palavras mais importantes são fluxo de caixa, e você tem que compreender como esses indicadores contribuem para isso em qualquer negócio.

A seguir, oito indicadores financeiros importantes que você precisa conhecer.

1.  Porcentagem de margem bruta

Cálculo: Porcentagem da margem bruta = Margem bruta / Vendas

A margem bruta é o resultado das vendas menos o custo dos produtos vendidos. Meu pai rico costumava dizer: “Se a margem bruta não estiver lá, não há margem líquida.”

A porcentagem de margem bruta é a margem bruta dividida pelas vendas, que revela qual porcentagem das vendas sobra depois de descontar os custos dos produtos vendidos.

O quão alta precisa ser a porcentagem da margem bruta depende de como o negócio é organizado e dos outros custos que ele tem que lidar. Por exemplo, depois de calcular a porcentagem da margem bruta, as lojas de conveniência do meu pai rico ainda tinham que pagar os vendedores, contas como água e luz, impostos, aluguel e uma lista de outras despesas. Elas ainda precisavam que sobrasse algo para que meu pai rico tivesse um bom retorno sobre o dinheiro investido originalmente.

Hoje, se você possui um negócio na internet, a chance de sobrecarga é reduzida, então é bem possível que você possa arcar com as vendas e ainda obter lucro mesmo com uma porcentagem da margem bruta mais baixa. Mas em todos os negócios, quanto mais alta a margem bruta, melhor.

2.  Porcentagem da margem operacional líquida

Cálculo: Porcentagem da margem operacional líquida = EBIT / Vendas

Essa porcentagem mostra o lucro líquido da operação de um negócio antes de você incluir o custo dos impostos e o custo do dinheiro. EBIT é a sigla em inglês para Lucro Antes dos Juros e Impostos, no Brasil também conhecido pela sigla LAJIR. O EBIT é o valor das suas vendas menos todos os custos do negócio, excluindo os custos de capital (juros, impostos e dividendos).

A relação EBIT/Vendas é chamada porcentagem da margem operacional líquida. Negócios com alta porcentagem de margem operacional líquida são geralmente mais fortes do que os que têm esse porcentual baixo. Quanto maior, melhor!

3.  Alavancagem operacional

Alavancagem operacional = Contribuição / Custos fixos

Todo negócio tem custos fixos que devem ser considerados na estrutura dos custos totais. A porcentagem dos custos fixos é chamada alavancagem operacional e é calculada dividindo a contribuição pelos custos fixos.

A contribuição se refere à margem bruta (vendas menos os custos dos produtos vendidos) menos os custos variáveis (todos os custos que não são fixos que variam com as vendas). Entre os exemplos de custos fixos estão os custos relacionados aos funcionários contratados e a maioria dos custos referentes às instalações. É o que a maioria das pessoas chama de sobrecarga.

Um negócio que tem uma alavancagem operacional de 1 está gerando apenas receita suficiente para arcar com seus custos fixos. Isso significa que não há retorno para os seus proprietários. Qualquer alavancagem acima de 1 indica lucro. Mais uma vez, aqui quanto maior, melhor!

4.  Alavancagem financeira

Cálculo: Alavancagem financeira = Capital total investido / Patrimônio líquido

Praticamente toda empresa precisa tomar dinheiro emprestado para poder operar. A alavancagem financeira é a porcentagem que se refere ao grau que uma companhia usa para tomar empréstimos. O capital total investido é o valor contábil de todas as dívidas (deixe de fora todas as dívidas de bens a serem revendidos e passivos como salários, despesas e impostos devidos mas não pagos ainda), além de todo o patrimônio dos proprietários.

Então, por exemplo, se você tem uma dívida de R$ 50 mil e tem R$ 50 mil em patrimônio líquido, sua alavancagem financeira será 2 (R$ 100 mil dividido por R$ 50 mil). Cada tipo de empresa tem padrões diferentes para o que se considera uma alavancagem financeira saudável. Outros fatores, como fluxo de caixa e custo da dívida, desempenham um papel importante no quadro geral da saúde financeira.

5.  Alavancagem total

Cálculo: Alavancagem total = Alavancagem operacional x Alavancagem financeira

Ela representa o risco total que uma companhia carrega no seu negócio atual. A alavancagem total indica o efeito total que uma mudança nos negócios deve ter sobre os acionistas.

A alavancagem total é calculada multiplicando a alavancagem operacional pela alavancagem financeira. Se você é o dono da empresa, e então está do lado de dentro do negócio, você tem pelo menos controle parcial sobre a alavancagem total da companhia.

Se você está olhando para uma empresa no mercado acionário, a alavancagem total vai ajudá-lo a decidir se vale a pena ou não investir nas suas ações. Uma empresa bem gerida, administrada de forma conservadora, geralmente mantém a alavancagem total abaixo de 5.

6.  Índice Dívida - Patrimônio Líquido

Cálculo: Índice Dívida - Patrimônio Líquido = Total de passivos / Patrimônio total

Aqui é bem autoexplicativo. Esse indicador mede o passivo total da empresa (todas as dívidas) financiado por partes externas em proporção à parte financiada internamente (patrimônio total).

A maioria das empresas tenta permanecer na proporção 1-1 ou abaixo disso. Falando de forma genérica, quanto menor o índice dívida - patrimônio líquido, mais conservadora é a estrutura financeira da companhia.

7.  Índice de liquidez corrente

Cálculo: Liquidez corrente = Ativos correntes / Passivos correntes

O índice de liquidez corrente mostra se uma empresa tem ou não ativos líquidos em um período de um ano suficientes para pagar seus débitos para o próximo ano.

8.  Retorno sobre o patrimônio ROA

Cálculo: Retorno sobre o patrimônio = Receita líquida / Patrimônio líquido médio

O retorno sobre a receita é geralmente considerado um dos mais importantes indicadores. Ele permite comparar o retorno que uma empresa está obtendo sobre os investimentos dos seus acionistas em comparação com outras alternativas de investimento.

O que esses indicadores revelam?

Meu pai rico me ensinou a sempre levar em conta pelo menos três anos desses indicadores. A direção e as tendências podem te dizer muito sobre a empresa e seus gestores, assim como seus concorrentes.

Muitos relatórios publicados pelas empresas incluem esses dados. Um investidor sofisticado aprende a calculá-los quando não são apresentados pelas companhias. Porém, eles não podem ser usados isoladamente. Eles são indicadores, mas devem ser considerados em conjunto com análises do negócio como um todo. Ao comparar esses dados ao longo de três anos com os de outras empresas no mesmo setor, você pode rapidamente determinar a força dessa empresa no mercado.

Embora esses indicadores possam parecer complicados num primeiro momento, você vai se surpreender com a rapidez que pode aprender a analisar uma companhia ao usá-los. Um bom exercício é fazer o download dos demonstrativos financeiros de empresas de capital aberto e calcular esses índices por conta própria. Aprenda a como encontrar a informação que você precisa e descubra o que pode aprender.

Lembre-se: esses índices são a linguagem de um investidor sofisticado. Ao aprender por conta própria e se tornar instruído financeiramente, você também pode aprender a “falar em índices”.

Abraço!

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies