2019-04-04T09:03:02-03:00
Estadão Conteúdo
Acordo próximo?

Governo britânico mantém postura desafiadora, apesar de revés no parlamento

Parlamento tomou controle parcial do processo paralisado do Brexit, argumentando que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo precisa ser aprovada

26 de março de 2019
9:38 - atualizado às 9:03
Theresa May, primeira-ministra britânica
Theresa May, primeira-ministra britânica - Imagem: Drop of Light/Shutterstock.com

O governo da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, manteve a postura desafiadora mesmo depois de o Parlamento tomar controle parcial do paralisado processo do Brexit, argumentando nesta terça-feira que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo de May para que os britânicos deixem a União Europeia precisa ser aprovada.

Ontem, a Câmara dos Comuns decidiu assumir o controle do cronograma do governo para o Brexit para, nesta quarta-feira (27), votar em alternativas para o acordo negociado por May com a UE.

Hoje, o Ministro de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse à emissora BBC que o governo não vai se comprometer antecipadamente a aceitar a opção a ser apoiada por legisladores porque eles podem apresentar um plano impraticável.

"A melhor forma de sair deste impasse agora é o acordo que foi negociado com a UE que pode ser implementado rapidamente", disse Hancock, referindo-se ao acordo de May, que foi rejeitado pelo Parlamento em duas ocasiões desde o começo do ano. Fonte: Associated Press.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

DESINVESTIMENTO

Sinal verde: Petrobras (PETR4) confirma a venda de participação na Bacia do Espírito Santo — negócio pode chegar a US$ 75 milhões

Do valor total, US$ 3 milhões serão pagos na data de assinatura dos contratos, US$ 12 milhões no fechamento da transação e até US$ 60 milhões em pagamentos contingentes

FRUTOS DO CASAMENTO?

Dividendos: Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) distribuirão R$ 135,6 milhões; datas de corte serão às vésperas de fusão

A Unidas é quem distribuirá a maior quantia, cerca de R$ 82,6 milhões, já a Localiza pagará R$ 53 milhões aos acionistas

MUDANÇA CABELUDA

Espaçolaser (ESPA3) anuncia troca de CEO após dia de alta de até 20% na B3

Paulo Morais, que é um dos fundadores da companhia, detém 10,04% das ações ESPA3 e seguirá como membro do conselho de administração

ELEIÇÕES 2022

Mesmo após turbulências no governo, distância entre Lula e Bolsonaro segue praticamente inalterada no primeiro turno, mostra Datafolha

De acordo com levantamento, o petista tem 19 pontos de vantagem sobre o atual presidente — diferença equivalente à sondagem feita entre 25 e 26 de maio

Político volta a pesar no Ibovespa, Binance suspende saques e Inter tomba na estreia; confira os destaques do dia

Se nos primeiros meses do ano o cenário político foi mero figurante nas discussões do mercado financeiro, Brasília agora é protagonista absoluta e não houve um dia nas últimas semanas que os investidores locais tenham conseguido desviar dos acontecimentos na capital federal.  A crise na Petrobras (PETR4), que ainda aguarda um desfecho, é apenas um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies