Menu
2019-04-04T09:03:02-03:00
Estadão Conteúdo
Acordo próximo?

Governo britânico mantém postura desafiadora, apesar de revés no parlamento

Parlamento tomou controle parcial do processo paralisado do Brexit, argumentando que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo precisa ser aprovada

26 de março de 2019
9:38 - atualizado às 9:03
Theresa May, primeira-ministra britânica
Theresa May, primeira-ministra britânica - Imagem: Drop of Light/Shutterstock.com

O governo da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, manteve a postura desafiadora mesmo depois de o Parlamento tomar controle parcial do paralisado processo do Brexit, argumentando nesta terça-feira que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo de May para que os britânicos deixem a União Europeia precisa ser aprovada.

Ontem, a Câmara dos Comuns decidiu assumir o controle do cronograma do governo para o Brexit para, nesta quarta-feira (27), votar em alternativas para o acordo negociado por May com a UE.

Hoje, o Ministro de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse à emissora BBC que o governo não vai se comprometer antecipadamente a aceitar a opção a ser apoiada por legisladores porque eles podem apresentar um plano impraticável.

"A melhor forma de sair deste impasse agora é o acordo que foi negociado com a UE que pode ser implementado rapidamente", disse Hancock, referindo-se ao acordo de May, que foi rejeitado pelo Parlamento em duas ocasiões desde o começo do ano. Fonte: Associated Press.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Piorou?

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O plenário do Senado manteve o texto da PEC emergencial com o limite de R$ 44 bilhões para a despesa com o pagamento da nova rodada do auxílio para os mais vulneráveis.

DIÁRIO DE BORDO

À procura de um porto seguro para seu dinheiro em tempos turbulentos no Brasil? Veja onde investir

Se “mar calmo nunca fez bom marinheiro”, o que aprendi nesses meus 25 anos de mercado financeiro é que em momentos de ruídos e turbulências precisamos ser ainda mais persistentes e consistentes em nossos investimentos.

Suspeita de crime

CVM confirma processo para investigar suposto ‘insider trading’ na Petrobras

A suspeita de que alguém pode ter lucrado R$ 18 milhões com o vazamento de informações sobre o que ocorreria na estatal vieram à tona no início da semana e mexeram com os ânimos do mercado.

Queda brusca

Produção de veículos recua 3,5% em fevereiro em comparação anual, diz Anfavea

Frente a janeiro, a produção caiu 1,3%, levando o volume acumulado no primeiro bimestre para 396,7 mil unidades.

Gestora sobe o tom

Fundo Verde se protege no câmbio e diz que governo “falhou miseravelmente” em comprar vacinas

O atraso em proteger a população aparece a olhos vistos, e tem consequências óbvias tanto em termos de vidas quanto em termos econômicos, escreveu a gestora de Luis Stuhlberger

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies