Menu
2019-04-04T09:03:02-03:00
Acordo próximo?

Governo britânico mantém postura desafiadora, apesar de revés no parlamento

Parlamento tomou controle parcial do processo paralisado do Brexit, argumentando que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo precisa ser aprovada

26 de março de 2019
9:38 - atualizado às 9:03
Theresa May, primeira-ministra britânica
Theresa May, primeira-ministra britânica - Imagem: Drop of Light/Shutterstock.com

O governo da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, manteve a postura desafiadora mesmo depois de o Parlamento tomar controle parcial do paralisado processo do Brexit, argumentando nesta terça-feira que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo de May para que os britânicos deixem a União Europeia precisa ser aprovada.

Ontem, a Câmara dos Comuns decidiu assumir o controle do cronograma do governo para o Brexit para, nesta quarta-feira (27), votar em alternativas para o acordo negociado por May com a UE.

Hoje, o Ministro de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse à emissora BBC que o governo não vai se comprometer antecipadamente a aceitar a opção a ser apoiada por legisladores porque eles podem apresentar um plano impraticável.

"A melhor forma de sair deste impasse agora é o acordo que foi negociado com a UE que pode ser implementado rapidamente", disse Hancock, referindo-se ao acordo de May, que foi rejeitado pelo Parlamento em duas ocasiões desde o começo do ano. Fonte: Associated Press.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

de olho na avaliação

Aprovação de Bolsonaro cai para 47,8% em um ano, diz CNT/MDA

O chefe do Planalto, no entanto, se recuperou quando a comparação ocorre entre a última pesquisa, em agosto, e agora

Bolada no Caixa

BNDES vai repassar R$ 15 bilhões em dividendos para a União

Receita de dividendos do BNDES em 2019 “salvou” o governo num momento em que o Orçamento estava bloqueado e a Esplanada dos Ministérios operando em alguns órgãos numa situação de quase paralisação

Fórum Econômico Mundial

Em Davos, governo encontra investidores para oferecer projetos, incluindo o 5G

Governo vai apresentar todos os 115 projetos já estruturados ou ainda em fase de estudo que compõem a carteira para 2020 e 2021, que equivalem a R$ 320 bilhões

No limite

Petrobras fica à beira da privatização com venda de ações do BNDES em oferta

Petroleira não deixará de ser estatal por muito pouco: participação do governo em ações ordinárias (com direito a voto) pode cair para 50,26% após a oferta de papéis que estão na carteira do BNDES

Ações disparam

Top pick: para o Bradesco BBI, a Usiminas é a melhor opção no setor de siderurgia

A possibilidade de um novo aumento no preço dos aços planos para a rede doméstica eleva o otimismo do Bradesco BBI em relação à Usiminas

tensão

Após ataques relatados por federação de jornalistas, Bolsonaro diz que evitará falar com a imprensa

Pesquisa indicou que o presidente foi responsável por 58% dos ataques à categoria no ano passado, de um total de 208

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Exile on Wall Street

Quero ser grande

E aí, B3, vamos atrair essas milhares de empresas brasileiras? Ou vamos continuar perdendo soldados para a Nasdaq? Temos que fazer algo, com urgência

Mercados hoje

Ibovespa se recupera das perdas de ontem e opera em alta; dólar cai a R$ 4,18

O Ibovespa e as bolsas globais se recuperam das perdas da sessão anterior, operando em alta nesta quarta-feira. O mercado segue monitorando o noticiário referente ao coronavírus

Fórum econômico mundial

Davos: clima pesa mais para investidor do que trapalhada política no Brasil

No início do segundo semestre do ano passado, os incêndios na Amazônia chamaram a atenção de todo o mundo. E três dos entrevistados ressaltaram a demora do governo em agir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements