Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
O EFEITO DA PANDEMIA

Covid-19 é fonte de incertezas muito maiores que Brexit, diz presidente do BoE

“Estamos acompanhando de perto os desdobramentos do Brexit”, garantiu, durante audiência virtual no Parlamento.

Brexit
Imagem: Shutterstock

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, minimizou os riscos para a economia dos entraves nas negociações sobre o futuro das relações entre o Reino Unido e a União Europeia. Para ele, a covid-19 ainda é foco de incertezas muito maiores. "Estamos acompanhando de perto os desdobramentos do Brexit", garantiu, durante audiência virtual no Parlamento.

Bailey elogiou o programa do governo britânico voltado para a retenção de postos de trabalho. "Uma das razões para que consideremos que haverá uma recuperação mais rápida do que em uma recessão normal é que acreditamos que o programa permitirá que as pessoas voltem ao trabalho mais rapidamente", disse.

Segundo o dirigente, o BoE não suspendeu a meta de 2% para a inflação, apesar da crise provocada pelo coronavírus. "Não estou preocupado com o tipo pernicioso de deflação, que é a deflação da dívida. Mas isso exige, obviamente, que alvejemos a política monetária que retome a inflação à meta", destacou.

Em relação à resiliência do sistema de crédito, Bailey assegurou que os bancos estão preparados para continuar emprestando a famílias e empresas, embora ele enxergue que o apoio a pequenas corporações tem ocorrido de forma mais lenta. Na avaliação dele, a instituições financeiras devem cortar o pagamento de dividendos, para preservar capital.

O líder do BoE repetiu ainda que não descarta a possibilidade de implementar juros negativos, mas explicou que isso vai depender de uma avaliação de como a medida poderá impactar o sistema financeiro. "Estamos estudando a experiência de outros bancos centrais", revelou.

Compartilhe

Reino Unido ameaça revisão em termos do Brexit e alimenta temores de guerra comercial; fique por dentro da visita de Boris Johnson à Irlanda do Norte

16 de maio de 2022 - 19:07

Divergências entre diferentes unionistas e nacionalistas na Irlanda do Norte pode acabar afetando relação entre Reino Unido e União Europeia

ÂNIMO PARA OS MERCADOS

Reino Unido e União Europeia fecham acordo comercial pós-Brexit

24 de dezembro de 2020 - 13:05

O acordo era esperado pelos mercados e trouxe otimismo para as bolsas da Europa e dos Estados Unidos na véspera do Natal.

brexit

Boris Johnson diz que irá em frente caso não haja acordo com União Europeia

7 de setembro de 2020 - 13:18

Primeiro-ministro britânico afirmou que bloco e Reino Unido devem “seguir em frente” caso não cheguem a um acordo de livre comércio até 15 de outubro.

Impasse nas negociações

Negociador do Brexit diz que Reino Unido não teme deixar UE sem acordo comercial

6 de setembro de 2020 - 14:12

David Frost afirmou que britânicos não temem deixar o bloco sem acordo comercial caso a UE não ceda em questões importantes.

Seu mentor de investimentos

Por que acho que o Brexit vai dar certo

7 de março de 2020 - 14:27

Tenho a impressão de que os estrangeiros que já estão aqui vão ficar. Assim como vão permanecer no continente europeu os britânicos que já estão lá

enfim a saída

Após 47 anos de aliança, Reino Unido deixa União Europeia

1 de fevereiro de 2020 - 10:40

Apoiadores se reuniram nesta sexta-feira na praça do Parlamento, na zona central de Londres, para comemorar a saída do bloco econômico

em davos

Guedes diz que vê acordo entre Brasil e Reino Unido após Brexit

23 de janeiro de 2020 - 8:19

Perspectiva do ministro leva em conta que, na Europa, o país é um dos que têm menos resistência e barreiras a produtos e serviços

discurso

Rainha Elizabeth II diz que prioridade do governo é entregar o Brexit

19 de dezembro de 2019 - 10:54

Ela também ressaltou a importância de se buscar um acordo comercial com a União Europeia, após a saída do Reino Unido do bloco

De olho no futuro

Itaú BBA volta a Lisboa, de olho no Brexit

18 de dezembro de 2019 - 7:50

Segundo fontes ouvidas pelo Estadão, Lisboa será uma divisão complementar do Itaú de Londres. Não há perspectiva de transferência de sede de uma capital para outra.

mais próximo do brexit

Boris Johnson vence eleições no Reino Unido

13 de dezembro de 2019 - 6:39

Primeiro-ministro, que havia sucedido Theresa May na missão de liderar o Brexit num movimento interno do Parlamento, agora tem a chancela eleitoral

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies