Menu
2019-01-06T13:05:57-02:00
Estadão Conteúdo
Reino Unido

Theresa May: se Brexit não for votado entraremos em território desconhecido

Em entrevista à BBC, primeira-ministra do Reino Unido afirmou que segue trabalhando para obter mais garantias da UE e que “o acordo está na mesa”

6 de janeiro de 2019
13:05
Theresa May, primeira-ministra britânica
Theresa May, primeira-ministra britânica - Imagem: Drop of Light/Shutterstock.com

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, voltou a pressionar neste domingo pela aprovação do acordo fechado por ela com outros líderes da União Europeia (UE) para saída do país do bloco, o chamado Brexit.

Em entrevista ao programa Andrew Marr Show, da BBC, May afirmou que segue trabalhando para obter mais garantias da UE e que "o acordo está na mesa".

"Eu quero ver esse acordo seguir adiante. Se ele não for votado entraremos em território desconhecido e ninguém sabe o que irá acontecer", alertou.

Segundo May, o Partido Trabalhista está "jogando politicamente" e se opondo a qualquer tipo de acordo para criar o "maior caos" possível.

Na entrevista, a primeira-ministra negou de que estaria disposta a suspender a votação da Câmara dos Comuns sobre seu acordo de retirada pela segunda vez e insistiu que os parlamentares devem decidir entre as datas de 14 ou 15 de janeiro.

O prazo limite para que o país saia do bloco é 29 de março de 2019, mas o Parlamento britânico ainda não aprovou um acordo de retirada. A votação está prevista para meados de janeiro.

"Temos pessoas que estão defendendo um segundo plebiscito para impedir o Brexit, e as que querem ver o Brexit perfeito. Eu diria para que não se deixem levar na busca pelo perfeito, porque existe o perigo de acabarmos sem nenhum Brexit", concluiu.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

retomatada

Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos

Segundo dados divulgados pelo Caged, 249.388 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos no último mês

para substituir celso de mello

Indicação ao STF: Nome de Bolsonaro, Kassio Marques é discreto e bem avaliado

O desembargador, que tem 48 anos, se nomeado, poderá ficar na Corte até 2047

chefe do bc

Houve aumento da volatilidade e na proporção de minicontratos de dólar, diz Campos Neto

O chefe do Banco Central, no entanto, disse que “não é necessariamente uma relação de causa”

papéis com desconto

Raia Drogasil sobe forte com plano de expansão; veja o que dizem analistas

Papéis da rede de farmácias (RADL3) subiam 6,70%, a R$ 23,40, no início da tarde desta quarta; empresa anunciou plano de expansão e modernização das lojas

Dois meses de adiamento

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

Cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements