🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2019-05-07T09:39:48-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
No Twitter

Presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência volta a criticar Bolsonaro

Em rede social, Marcelo Ramos fala que um presidente precisa ter noção de prioridade

7 de maio de 2019
9:39
Marcelo Ramos previdência
Deputado Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência. - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Comissão Especial que avalia a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PR-AM) voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro.

No “Twitter”, Ramos disse que um presidente precisa ter “noção de prioridade”, depois de falar que Bolsonaro se mostra preocupado com armas para caçadores, em referência à medida a ser assinada hoje, e com a defesa de Olavo de Carvalho, que segue atacando duramente o núcleo militar do governo.

Ramos preside na tarde desta terça-feira a sessão da Comissão Especial que deve fechar o cronograma dos trabalhos e analisar mais de 100 requerimentos para realização de audiência públicas, entre elas os convites para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, volte a dar explicações aos congressistas.

Marcelo Ramos sempre teve uma declarada antipatia a Bolsonaro, mas na semana passada, após reunião com o presidente, capitaneada por Rodrigo Maia, havia dito que o assunto tinha sido superado e, bem-humorado, disse que: “Estava até brincando que não quero namorar com Bolsonaro até porque ele já namora o Rodrigo Maia.”

Apesar da cobrança de maior foco de Bolsonaro, ontem mesmo, ao lado de Guedes, o presidente defendeu a reforma como última alternativa para o país atingir sua liberdade econômica.

Por outro lado, segue a troca de caneladas de Olavo de Carvalho e militares. O filósofo chamou o general Villas Bôas de “doente preso a uma cadeira de rodas”, depois de o ex-comandante do Exército chamar Olavo de “Trótski de direita”.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Eleições 2022

Líder das pesquisas, Lula decide faltar a debate do SBT e ouve críticas de adversários

24 de setembro de 2022 - 14:08

Candidato Ciro Gomes (PDT) disse que Lula “tem muito a esconder”, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou a decisão de “estratégia”

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Irregularidades

TSE vê indício de fraude em R$ 605 milhões em gastos das campanhas eleitorais

24 de setembro de 2022 - 9:22

Na lista de casos suspeitos estão gastos que teriam sido feitos por parentes e empresas de fachada, além de doações feitas por pessoas mortas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies