IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2022-08-29T17:27:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
VEIAS ABERTAS

Bolsonaro provoca no debate e Chile chama embaixador de volta — entenda por que a relação entre os dois países estremeceu

No debate de domingo (28) na Band, o presidente brasileiro voltou a criticar o apoio do PT a governos de esquerda, como Argentina, Colômbia e Chile; as declarações pegaram mal no país vizinho

29 de agosto de 2022
17:27
bolsonaro-alan-santos
O ex-presidente Jair Bolsonaro -

As veias da América Latina continuam abertas e o responsável da vez é o presidente Jair Bolsonaro (PL)

O Chile não gostou nada do que o chefe do Planalto falou sobre o presidente do país, Gabriel Boric, durante o debate de domingo (28) na Band e chamou o embaixador do Brasil para consultas. 

Esse tipo de convocação é considerada grave do ponto de vista da diplomacia, já que pode ser o primeiro passo para a ruptura das relações entre dois países. 

Mas o que o Bolsonaro falou que incomodou tanto?

No debate de ontem, Bolsonaro voltou a criticar o apoio do PT a governos de esquerda, como Argentina, Colômbia e Chile, e ditaduras comandadas por esquerdistas, como Venezuela e Nicarágua. 

No caso chileno, o presidente candidato à reeleição acusou Gabriel Boric de "queimar o metrô" nos atos de 2019.

"Lula apoiou o presidente do Chile também. O mesmo que praticava atos de tocar fogo em metrôs lá no Chile. Para onde está indo o nosso Chile?", afirmou Bolsonaro.

Boric assumiu a presidência do Chile em março de 2022, aos 36 anos. Ele é um ex-líder estudantil que fez uma campanha calcada no discurso da esperança, com a promessa de fortalecer um estado de bem-estar social no país.

O Ministério das Relações Exteriores do Chile classificou as declarações de Bolsonaro como “inaceitáveis” e “infelizes”. 

“O uso político da relação bilateral para fins eleitorais, baseado em mentiras, desinformação e deturpação, corrói não apenas o vínculo entre nossos países, mas também a democracia, prejudicando a confiança e afetando a irmandade entre os povos”, declarou a Ministério das Relações Exteriores do Chile, em nota publicada hoje.

No documento divulgado, o governo chileno declara que, além de ambos os países terem uma história comum, há enormes desafios a serem enfrentados de “forma colaborativa, razão pela qual espera continuar fortalecendo os laços permanentes de amizade e cooperação entre nossos países".

Sinais de hostilidade

De acordo com o jornal chileno “La Tercera”, quando Boric soube das declarações de Bolsonaro, ele procurou a ministra Antonia Urrejola para, com ela, pensar em como responder.

Segundo o jornal, antes dessas declarações, dirigentes de governo já viam sinais de hostilidade contra a gestão de Boric.

Sebastián Depolo foi indicado pelo Chile para ser o embaixador em Brasília há mais de 5 meses, e o governo brasileiro ainda não deu uma resposta. 

Em linguagem diplomática, isso significa que o nome foi recusado.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

REVIRAVOLTA NA B3?

Sem tempo para esfriar o corpo! Oi (OIBR3) entra com pedido cautelar e pode se preparar para a sua segunda recuperação judicial em menos de dois meses

1 de fevereiro de 2023 - 23:24

Hoje, uma eventual falência da Oi afetaria mais de 62 mil colaboradores, com impactos para os cofres públicos, uma vez que a companhia honra cerca de R$ 2,85 bilhões em compromissos fiscais.

DIA 32

Eleições no Congresso: das favas contadas à vitória de Lula contra o avanço bolsonarista

1 de fevereiro de 2023 - 20:25

Rodrigo Pacheco foi reconduzido à presidência do Senado com 49 votos, enquanto Arthur Lira foi reeleito para o comando da Câmara — mas os números não contam o que estava em jogo

LUCRO NO EXTERIOR

Petrobras (PETR4) sofre derrota bilionária no CARF, mas garante que irá recorrer; entenda o caso

1 de fevereiro de 2023 - 19:44

A estatal perdeu em um julgamento de recursos contra duas cobranças que totalizam cerca de R$ 5,7 bilhões

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Jerome Powell encanta Wall Street, mas Ibovespa não acompanha; confira os destaques do dia

1 de fevereiro de 2023 - 19:34

Chamado de Eros no Monte Olimpo e de Cupido na Roma Antiga, o deus da paixão é fruto da união entre os deuses da guerra e do amor. Ainda que ganhe novos nomes por onde passa, a imagem de um ser angelical armado com a flecha dos enamorados é universalmente reconhecida — e parece ter […]

é hora de dizer adeus

Stone embolsa R$ 218 milhões com venda de ativos e dá adeus ao Inter

1 de fevereiro de 2023 - 19:30

Cada BDR negociado na B3 sob o ticker INBR32 corresponde a uma ação de Classe A negociada em Nova York. Nesta quarta-feira, o ativo recuou cerca de 6% após a operação.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies