🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-07T10:09:18-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Eleições 2022

Lula para de subir e Bolsonaro oscila para cima na nova pesquisa Quaest

Num eventual segundo turno, Lula continua em vantagem em relação a Bolsonaro, mas estagnou em 51% nas últimas quatro pesquisas

7 de setembro de 2022
10:09
Montagem com fotos de Lula e Jair Bolsonaro
Montagem com fotos de Lula e Jair Bolsonaro - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Uma nova pesquisa da Quaest Consultoria contratada pela Genial Investimentos e publicada nesta quarta-feira (7) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança das intenções de voto, com 44%. A diferença para o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), que tem 34%, é de 10 pontos percentuais.

Comparando com a pesquisa anterior, Lula ficou estagnado, enquanto Bolsonaro oscilou para cima dentro da margem de erro. Para vencer o pleito no primeiro turno, Lula precisaria ter mais pontos percentuais que os outros candidatos somados.

Ciro Gomes (PDT) caiu um ponto, para 7%, enquanto Simone Tebet (MDB) avançou um ponto, para 4%. Felipe D'Ávila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil) oscilaram de 0% a 1%, enquanto os demais candidatos não pontuaram.

Num eventual segundo turno, Lula continua em vantagem em relação a Bolsonaro, mas estagnou em 51% nas últimas quatro pesquisas. Já Bolsonaro oscilou para cima dentro da margem de erro e chegou à pesquisa atual com 39%. Votos brancos e nulos contabilizam 7% e indecisos somam 3%.

Confira a evolução da pesquisa da Quaest:

Fazendo um recorte por região, o Nordeste é o principal reduto eleitoral do petista: Lula tem 60% das intenções de voto. Mas esse número já foi maior. Em junho, 66% dos nordestinos diziam que iriam votar em Lula.

No mesmo período, o percentual de eleitores de Bolsonaro na região passou de 16% para 22%.

O cenário é diferente nas regiões Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Norte, onde as intenções de voto estão mais misturadas. No sudeste, Lula e Bolsonaro estão em empate técnico, com 37% e 39% das intenções de voto, respectivamente.

No sul, Bolsonaro tem a preferência de 42% dos eleitores, enquanto Lula tem 36%. No centro-oeste e no norte, a vantagem é de Lula, com 42%, enquanto Bolsonaro tem 35%.

Avaliação do governo Bolsonaro

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre sua avaliação a respeito do governo Bolsonaro. O percentual de eleitores que avalia a gestão como negativa chegou a 39%, o menor nível nos últimos 12 meses. Da mesma forma, os que veem o governo de forma positiva subiu para 32%, o maior nível no mesmo período.

Segmentando por região, a pior avaliação do governo Bolsonaro é no Nordeste, onde 49% avaliam a gestão de maneira negativa. No Sul, no entanto, 40 consideram o governo positivo.

A rejeição do eleitorado feminino teve uma queda considerável. Se em junho 50% das mulheres avaliava o governo Bolsonaro de maneira negativa, hoje a pesquisa mostrou que esse percentual caiu para 42%. No mesmo período, a avaliação positiva do governo entre as mulheres subiu de 21% para 30%.

Entre os homens, a avaliação negativa caiu de 44% para 36% no mesmo período e, agora, 34% consideram o governo positivo, ante 30% em junho.

Confira:

A pesquisa entrevistou presencialmente 2 mil pessoas entre os dias 1º e 4 de setembro e foi registrada no TSE sob o número BR-00807/2022 e custou R$ 125.896,48. O índice de confiança é de 85%.

Leia mais:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Impactos dos juros

Aperto monetário global é novo entrave para crescimento da economia brasileira

24 de setembro de 2022 - 16:53

Com vários países endurecendo a política monetária, o mundo tende a crescer menos, com impactos sobre o comércio global

Eleições 2022

Líder das pesquisas, Lula decide faltar a debate do SBT e ouve críticas de adversários

24 de setembro de 2022 - 14:08

Candidato Ciro Gomes (PDT) disse que Lula “tem muito a esconder”, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou a decisão de “estratégia”

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies