Menu
2019-05-06T17:02:42+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Não há alternativa

Crescimento da economia vem com a reforma da Previdência, diz Guedes

Segundo ministro, que falou ao lado de Bolsonaro, o Brasil é prisioneiro de uma armadilha de baixo crescimento

6 de maio de 2019
16:47 - atualizado às 17:02
Bolsonaro e Paulo Guedes
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Eduardo Campos/Seu Dinheiro

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que com a aprovação da reforma da Previdência, o Brasil retoma seu caminho de crescimento econômico sustentado.

“O Brasil é prisioneiro de uma armadilha de baixo crescimento e vamos escapar disso com as reformas. A reforma da Previdência abre um horizonte de 10 a 15 anos de recuperação do crescimento”, disse.

Guedes deu as declarações depois de uma reunião de cerca de uma hora com Bolsonaro, que foi ao Bloco P da Esplanada dos Ministérios para ter com o ministro e com os secretários. Segundo Bolsonaro, outras visitas a ministérios ocorrerão, para dar suporte e ouvir eventuais críticas.

Ainda de acordo com Guedes, que tinha sido questionado sobre as revisões para baixo nas estimativas do PIB, assim que a reforma for aprovada há uma disparada nas zonas de investimento interno, que atraem, também, os investimentos externos.

“Nós vamos começar a simplificar e reduzir os impostos. Vamos fazer a descentralização para recursos para Estados e municípios e o Brasil, de julho em diante já está crescendo de novo. Essa é a verdade, a verdade do crescimento”, afirmou.

Bolsonaro sobre reformas

Questionado sobre a campanha de propaganda em defesa da reforma da Previdência, Bolsonaro disse que a outra alternativa, se o Brasil continuar tendo déficit é imprimir moeda, mas ponderou, questionado Guedes, que o vem atrás é a inflação.

Outra saída, segundo Bolsonaro é conseguir empréstimos externos. “Será que querem emprestar para nós? E a que taxa de juros?”

“Não temos alternativa. A reforma da Previdência é o primeiro grande passo para conseguirmos a nossa liberdade econômica”, disse Bolsonaro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

É tudo um time só

O presidente também foi perguntado sobre o ministro da Secretaria Especial, general Santos Cruz, que está sob ataque nas redes sociais e sofre duras críticas de Olavo de Carvalho.

Segundo Bolsonaro, o ministro não pediu demissão e segue trabalhando normalmente. “De acordo com a origem do problema a melhor resposta é ficar quieto, pois temos coisas muito, mas muito mais importantes para discutir no Brasil. Aqueles que por ventura não tenham tato político estão pagando preço junto à mídia. Mas não existe grupo de militares, nem grupo de Olavos. É tudo um time só”, afirmou.

Minha Casa, Minha Vida

Questionado sobre o orçamento para o programa Minha Casa, Minha Vida, Guedes disse que o presidente sabe de sua importância, mas com 70 mil unidades devolvidas, e outras 60 mil não tendo sido terminadas, “é um programa que precisa passar por reavaliações”, pois “tem algum problema no programa. Estamos seguindo enquanto fazemos a reavaliação”.

Segundo Guedes, a Caixa segue o cronograma de liberação de recursos e não houve nenhum contingenciamento.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Cannabusiness

O dia não tão distante em os supermercados americanos venderão produtos feitos com planta de maconha

Todos querem sua fatia de uma indústria que deve ultrapassar os US$ 2 bilhões nos EUA até o próximo ano, uma vez que pesquisas vêm mostrando que os consumidores estão dispostos a pagar preços mais altos pelos produtos

Reduzindo os gargalos

Judiciário prepara pacote de medidas para acelerar recuperações judiciais

Em média, em São Paulo, são 567 dias (cerca de um ano e meio) entre a Justiça aceitar o pedido de recuperação de uma empresa e apreciar o plano de reestruturação

Seu Dinheiro no sábado

MAIS LIDAS: Esse filme eu já vi

Na semana em que o futuro pareceu repetir o passado, o assunto mais comentado não podia ser outro: o tsumani político que varreu Brasília. O enredo que incluiu derrotas do governo no Congresso, investigações do Ministério Público, manifestações de rua e investidores à beira de um ataque de nervos de fato me trouxe recordações recentes, […]

Pague pelo celular

Após avanço do Itaú, Mercado Pago amplia parcerias com lojas para pagamentos instantâneos

Empresa do site Mercado Livre fecha parceria com redes de farmácia e de alimentos para aceitar pagamentos pelo sistema de “QR Code”, que agora entrou na mira do Itaú

Plano de expansão

Rede de pizzarias Domino’s quer crescer com lojas próprias

Comprada pelo fundo Vinci Partners por R$ 300 milhões, a Domino’s prevê a abertura mais 460 pontos de venda no país – hoje são 241

Aérea em crise

Dono da Avianca é tirado do comando da empresa pela United

A decisão da companhia americana ocorreu após a Avianca divulgar, na quinta-feira, prejuízo de US$ 67,9 milhões no primeiro trimestre de 2019

Combustíveis

Petrobras reduz em R$ 0,09 o preço da gasolina nas refinarias

Para a redução da gasolina chegar na bomba, porém, é preciso que os postos de combustível repassem a queda no preço

Que bolsa é essa?

Vale ainda é uma mina de problemas, mas resultados contam outra história

Depois de algum tempo defendendo que era hora de esperar e, com todo respeito às vítimas das tragédias em Brumadinho e Mariana, acho que está na hora de comprar as ações, desde que você tenha estômago para aguentar a inevitável volatilidade que devemos ter pela frente

Não está sendo fácil

Deu ruim pra Cielo! Empresa retira projeção de lucro e corta dividendos dos acionistas

Projeções de lucro entre R$ 2,3 bilhões e R$ 2,6 bilhões foram extintas, enquanto o percentual de distribuição de dividendos caiu para 30%

Só assim resolve!

Se não aprovar a Previdência, só chamando um ministro da Alquimia, diz Bolsonaro

Segundo presidente, mídia tenta criar atrito, mas casamento com Paulo Guedes segue mais forte que nunca. Ministério da Economia solta nota oficial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements