IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:25:46-03:00
Estadão Conteúdo
Novo governo

Capitalização na Reforma da Previdência ainda não é unanimidade entre os deputados

Ministro da Economia, Paulo Guedes disse proposta que será enviado ao Congresso incluirá a criação do regime de capitalização

10 de janeiro de 2019
8:59 - atualizado às 14:25
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junir/Estadão Conteúdo

Lideranças da Câmara que devem votar a reforma da Previdência na próxima legislatura divergem sobre a introdução do sistema de capitalização proposto pela equipe econômica do governo.

Na terça-feira, 8, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que vai enviar ao Congresso uma proposta única de reforma com alterações nas atuais regras de aposentadoria no Brasil e a criação do regime de capitalização para os trabalhadores que ainda entrarão no mercado de trabalho (sistema pelo qual o segurado contribui para uma conta individual, e o valor do benefício é calculado em cima dessas contribuições).

O deputado Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, afirmou que o regime não foi bem sucedido no Chile na década de 1980. "Demonstrou ser ineficaz", disse. "Sabemos que a reforma da Previdência deve ser feita, mas não podemos adotar regimes que deram errado em outros países e retiram direitos dos trabalhadores", disse. Para o deputado, é preciso estudar uma mudança que "não sacrifique quem contribuiu por tantos anos para o Brasil".

Na quarta, 9, o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que o governo está estudando a criação de um fundo de transição para sustentar um eventual modelo de capitalização no regime previdenciário. Isso é necessário porque nesse novo modelo, o dinheiro das contas individuais não se "misturam". É diferente do modelo atual - chamado de repartição - pelo qual quem contribui paga os benefícios de quem já está aposentado.

Para o líder do PSL na Câmara, o delegado Waldir (GO), o projeto deve ter adesão dos parlamentares. "É uma reforma para o País. Prefeitos e governadores são favoráveis", disse sobre o regime de capitalização. O partido de Jair Bolsonaro terá a segunda maior bancada na Casa, atrás apenas do PT, com 52 deputados.

Líder da bancada do DEM, o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) ressaltou que se o regime de capitalização vigorar, deve valer apenas para os que estão ingressando no sistema a partir de agora: "Mas precisamos analisar com calma o texto que de fato virá para a Câmara."

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MERCADOS AGORA

Esquenta dos mercados: Ibovesa deve patinar na PEC da Transição e nome de Haddad para Fazenda; bolsas internacionais aguardam dados da semana em Nova York

29 de novembro de 2022 - 7:01

RESUMO DO DIA: As bolsas da Ásia e Pacífico fecharam o pregão desta terça-feira (29) majoritariamente em alta. Os investidores por lá acompanham uma possível suspensão das políticas de “covid zero” na China, em meio a protestos no país. Na Europa, o tom é levemente negativo antes dos dados de inflação da Alemanha. Por aqui, […]

AUTOMÓVEIS

Mais seguro e inteligente, o carro semiautônomo já é uma realidade; confira as opções disponíveis no mercado

29 de novembro de 2022 - 6:11

Alguns itens de segurança e de assistência ao motorista transformam carros — nem tão caros — em veículos semiautônomos

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Fora Xi Jinping? Alvo de protestos, covid zero deve afetar PIB da China, mas reação do mercado pode ter sido exagerada

29 de novembro de 2022 - 5:54

Protestos se espalharam por várias cidades chinesas pedindo o fim da política de covid zero, que tortura o país há mais de dois anos, prejudicando a atividade econômica e o bem-estar das famílias chinesas

LOTERIAS

Lotofácil e Quina acumulam e sorteiam prêmios milionários hoje; veja os detalhes

29 de novembro de 2022 - 5:47

Lotofácil oferece R$ 6 milhões hoje. Prêmio da Quina pode chegar a R$ 12 milhões. As duas loterias têm sorteios diários.

BOLSOS CHEIOS

Dividendos e JCP: Itaú (ITUB4) anuncia pagamento de proventos; confira valores e prazos

28 de novembro de 2022 - 20:34

A distribuição será realizada até 28 de abril de 2023; provento considera a incidência de 15% de imposto de renda retido na fonte

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies