Menu
2019-03-18T13:07:21-03:00
Estadão Conteúdo
Ficou para depois

Presidente da CCJ dá prazo para que haja um acordo sobre convocação de Guedes

Líderes governistas querem transformar o requerimento de convocação feito pela oposição em convite. Se a convocação for aprovada, Guedes fica obrigado a comparecer ao colegiado, sob risco de ser punido por crime de responsabilidade

18 de março de 2019
13:07
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), decidiu não colocar na pauta da primeira reunião de trabalho do colegiado, nesta terça-feira (19), um requerimento de convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, apresentado pela oposição. O deputado deu prazo para que a oposição negocie com o governo um entendimento. A ideia é mudar a convocação para um convite, o que evitaria constrangimentos para Guedes.

Francischini disse ao Broadcast Político acreditar em um entendimento entre ambos os lados. "O interesse de todos nesse processo é o diálogo. Acho que não teremos problemas com isso", disse. Caso o acordo não seja possível, Francischini afirmou que incluirá o requerimento na pauta da sessão de quarta-feira, 20.

Líderes governistas querem transformar o pedido da oposição em convite porque, caso uma convocação seja aprovada, o ministro seria obrigado a comparecer ao colegiado, sob o risco de poder ser conduzido coercitivamente e ser punido por crime de responsabilidade.

Na semana passada, quando o colegiado foi instalado, o líder da oposição, Alessandro Molon (PSB-RJ), apresentou o requerimento.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies