Menu
2019-02-13T18:07:25-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
MISTER SIMPATIA

Paulo Guedes: ‘Bom dia para todo mundo, tamo junto!’

Ministro fez novas críticas a transferências perversas de renda, afagou servidores e pediu ajuda do TCU com as contas dos governos estaduais

13 de fevereiro de 2019
10:37 - atualizado às 18:07
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a criticar as transferências de renda perversas feitas pelo Estado brasileiro via Previdência, impostos e subsídios. Mas não se aprofundou sobre o tema.

Guedes fez uma breve participação em evento para o lançamento do “Painel de Viagens”, que busca racionalizar os gastos do governo com passagens aéreas e diárias.

O ministro começou o seu discurso dizendo que muita gente vem para Brasília pedindo coisas ao governo, mas ele tem adotado a postura de perguntar de volta, “o que eles podem dar para o Brasil”. Segundo Guedes, esses grupos que fazem demandas aqui na capital federal “quebraram o Brasil”.

Guedes voltou a fazer referência ao ex-presidente americano John Fitzgerald Kennedy que tem uma frase famosa que diz: “Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país”.

O ministro fez um aceno à plateia, composta basicamente de servidores públicos, dizendo que “nós somos servidores públicos, muito mais do que autoridades”, e que "olho vocês com especial simpatia". Depois soltou uma frase enigmática, dizendo que “tem gente que está acima e empurra a gente para um lado e para o outro e não são as melhores direções”.

Voltando a falar sobre as transferências de renda, Guedes falou que a transparência e eficiência da máquina pública permitirão que o Estado seja “fraterno”, fazendo transferências legítimas de renda. Segundo Guedes, o dinheiro não chega lá em baixo (municípios) se houver desperdícios aqui em Brasília.

Cumprimentando o representante do Tribunal de Contas da União (TCU), Guedes pediu que o órgão empreste sua excelência para os Tribunais de Contas Estaduais (TCE), porque os “governos estaduais estouraram em visível falta de controle dos TCEs”.

Encerrando sua participação, falou: "Bom dia para todo mundo. Tamo junto!"

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O melhor do Seu Dinheiro

Os atalhos do campo financeiro

Se você gosta de futebol (se não, peço desculpas, o texto já já vai chegar no ponto), sabe que a crônica esportiva é cheia de jargões, metáforas e frases prontas para explicar o jogo e a atuação dos jogadores.  Uma metáfora que vira e mexe aparece nos textos é o tal “atalhos do campo”. Essa […]

débito ou crédito?

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre; maior da história da companhia

O recorde, contudo, não foi suficiente para evitar que o PagSeguro terminasse 2020 em queda. O lucro líquido ajustado da empresa caiu 2,4% em comparação a 2019, ao alcançar R$ 1,434 bilhão

internet mais rápida

Anatel aprova edital do leilão do 5G

A tecnologia 5G é a quinta geração das redes de comunicação móveis. Ela promete velocidades até 20 vezes superiores ao do 4G

Esquenta dos Mercados

Inflação nos EUA atrai a atenção dos mercados globais e dita o tom das bolsas

Os dados saem às 10h30 e perspectivas do mercado afirmam que, não importa a direção, o índice de preços ao consumidor deve surpreender os investidores

substituição

Localiza anuncia escolha de novo CEO em meio à combinação de negócios com Unidas

Bruno Lasansky, diretor de operações, assume posição no lugar de Eugenio Mattar, que se tornará presidente do conselho de administração

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies