Menu
2019-05-22T09:07:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Botando os pontos nos is

Governo Bolsonaro altera Decreto de Armas após polêmica com fuzis

Decisão veio após a fabricante de armas Taurus divulgar que o decreto assinado pelo presidente dava margem para que pessoas comuns adquirissem o fuzil T4

22 de maio de 2019
8:43 - atualizado às 9:07
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Igo Estrela/Estadão Conteúdo

O governo publicou nesta quarta-feira (22), no Diário Oficial da União (DOU), modificações no Decreto de Armas, que altera as regras para posse e porte de arma de fogo por civis.

Dentre os pontos alterados pelo novo decreto está o conceito de arma de fogo, com a inclusão dos calibres permitidos, deixando mais claro quais armamentos são de uso restrito. O texto traz também a proibição expressa do porte de fuzis, carabinas e espingardas ao cidadão comum.  O decreto completo pode ser lido no site oficial do DOU.

A decisão de alterar o decreto original, publicado no dia 7 de maio, veio após críticas de diversas entidades e movimentação intensa nas redes sociais na última terça-feira (21). A fabricante de armas Taurus havia divulgado que o decreto assinado pelo presidente dava margem para que pessoas comuns adquirissem o fuzil T4, antes de uso exclusivo de militares e das Forças Armadas.

Segundo a empresa, mais de 2 mil clientes já estavam na fila para adquirir o armamento. A notícai fez as ações ON da Taurus (FJTA3) subirem 4,84%, enquanto os papéis PN (FJTA4) avançaram 7,60%.

As mudanças foram feitas em dois novos decretos. O Palácio do Planalto informou que as modificações foram feitas "com o objetivo de sanar erros meramente formais identificados na publicação original".

 

 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

IR 2020

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

Recuperação

Fundos imobiliários de tijolo subiram 6% em junho; FII de shoppings ainda caem 21% no ano

Fundos imobiliários de papel, por sua vez, valorizaram, em média, só 3% no mês passado, segundo indicadores calculados pelo Banco Inter

BNDES prorroga linha de crédito para pequena e média empresa, com mais R$ 5 bilhões

Linha para capital de giro será prorrogada até 31 de dezembro, com orçamento ampliado

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements