A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-07T19:33:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DESESTATIZAÇÃO NA B3

Barrados no baile: com IPO suspenso pela justiça, Corsan e governo do RS estudam medidas para retomar privatização

Os planos da estatal de saneamento do Rio Grande do Sul foram barrados pelo Tribunal de Contas do Estado, que pede ajustes na modelagem da oferta

7 de julho de 2022
19:33
Estação de Tratamento de Água - ETA da Corsan
Estação de Tratamento de Água - ETA - Imagem: Corsan / Divulgação

A Corsan trabalhava com o objetivo de concluir sua privatização, feita por meio de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na B3, ainda no início de 2022. Mas os planos da estatal de saneamento do Rio Grande do Sul foram barrados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em fato relevante divulgado nesta quinta-feira (7), a companhia afirmou que estuda, junto com o governo gaúcho - que é o acionista controlador -, medidas cabíveis para dar prosseguimento à oferta primária na qual planeja levantar R$ 1 bilhão.

Para liberar a operação, o TCE pede que sejam feitas correções na modelagem econômico financeira adotada, que deixará o estado com uma participação de cerca de 30% no capital da empresa.

Além disso, o tribunal pede que empresa e governo justifiquem e comprove a incorporação das correções no preço mínimo da transação. Vale destacar que os recursos levantados serão destinados principalmente a obras e investimentos para universalização da coleta e do tratamento de esgoto no Rio Grande do Sul.

Detalhes da privatização da Corsan

A Corsan defende que a oferta de ações é essencial para a capitalização da companhia. O objetivo é "otimizar o patrimônio do Estado e garantir a execução de plano de investimentos".

"Considerando as características da Corsan, temos convicção de que esse é o melhor modelo a ser adotado a fim de viabilizar os investimentos requeridos pelo Novo Marco do Saneamento Básico, para universalização dos serviços de água e esgoto”, disse Roberto Barbuti, diretor-presidente da empresa, no ano passado.

A empresa é assessorada pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na privatização. Ou seja, o banco é assessor direto do acionista controlador, acompanhando todas as etapas necessárias para a execução do processo de IPO e apoiando as tomadas de decisão.

Veja também - RENDA MENSAL ISENTA DE IR: conheça os fundos com retorno de até 8% ACIMA DA INFLAÇÃO I RENDA EXTRA

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magalu (MGLU3) dispara, BC amigo das criptomoedas e outros destaques do dia

12 de agosto de 2022 - 19:07

O mercado financeiro começou a semana olhando aterrorizado para os céus. Já era esperado que os dias fossem marcados pelo avistamento de dragões no ar, mas não se sabia ao certo o tamanho da encrenca que precisaria ser enfrentada.  Com traumas dos episódios recentes, quando a cada mês a ameaça se mostrava maior e mais […]

FECHAMENTO DO DI

Alívio com inflação leva Ibovespa a subir 6% na semana; Magazine Luiza (MGLU3), Hapvida (HAPV3) e Via (VIIA3) disparam após balanço

12 de agosto de 2022 - 18:41

Os indicadores melhores do que o esperado deram um respiro para o Ibovespa nesta semana; dólar caiu quase 2%

SEMANA EM CRIPTO

Ethereum (ETH) rouba a cena e dispara 14%, mas bitcoin (BTC) encerra semana acima dos US$ 24 mil; saiba o que esperar das criptomoedas

12 de agosto de 2022 - 17:56

O otimismo com a atualização do éter, as sanções ao Tornado Cash e o real digital são alguns dos destaque da semana

FEBRABAN TECH 2022

Setor financeiro melhora planos para o metaverso e já fala em criptomoedas como ‘espinha dorsal’ do processo — mas isso vai levar algum tempo; entenda

12 de agosto de 2022 - 17:40

O Febraban Tech 2022 foi realizado entre os dias 9 e 11 de agosto, em São Paulo; confira alguns destaques

COM PASSAGENS DE SAÍDA

Cinco empresas chinesas vão retirar seus ADRs da Bolsa de Nova York — saiba por quê

12 de agosto de 2022 - 17:02

As estatais anunciaram planos de retirada voluntária de seus ADRs ainda neste mês; a decisão acontece em meio à desacordo entre os órgãos reguladores da China e dos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies