🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-06T22:34:42-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
PRIMEIRO SINAL VERDE

Conselho do PPI recomenda inclusão da Petrobras (PETR4) em lista de estudos para privatização — mas o caminho para a venda ainda é longo; saiba mais

O sinal verde ocorre dois dias após o pedido formal para a entrada da companhia na carteira do programa

2 de junho de 2022
18:51 - atualizado às 22:34
Foto da fachada do prédio da Petrobras (PETR3 e PETR4) na avenida Paulista, em São Paulo. A estatal decide o valor da gasolina vendida às distribuidoras e pode ser uma boa alternativa para quem investe de olho em dividendos e proventos
Imagem: Shutterstock

Não é segredo para ninguém que um dos maiores desejos de Jair Bolsonaro é privatizar a Petrobras (PETR4). Preocupado com sua aprovação às vésperas da corrida eleitoral, a vontade do presidente cresce cada vez que a estatal anuncia um novo aumento no preço dos combustíveis.

Por isso, o governo aposta em tudo que estiver ao alcance para se livrar de qualquer responsabilização pelos reajustes. E uma de suas medidas pode ter produzido resultados.

Isso porque o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) recomendou nesta quinta-feira (2) a qualificação da Petrobras para a lista de estudos de avaliação de desestatização.

O sinal verde ocorre dois dias após um pedido formal para a entrada da companhia na carteira do programa. A solicitação foi fruto de uma tabelinha entre os ministros Paulo Guedes, da Economia, e Adolfo Sachsida, de Minas e Energia (MME). Guedes, aliás, é presidente do Conselho do PPI.

Mas, para quem se animou com as perspectivas de venda da estatal, vale lembrar que o PPI, propalado programa de desestatizações do governo Bolsonaro, muito prometeu e pouco entregou ao longo de mais de três anos e meio de mandato.

Além disso, a deliberação do conselho é uma recomendação à presidência. Para que os estudos se iniciem é necessário um decreto de Bolsonaro. E, assim como foi o caso da Eletrobras (ELET3), a privatização também precisa do aval do Congresso e do Tribunal de Contas da União.

A repentina pressa do governo para a privatização

Há algumas semanas, em seus primeiros comentários públicos como ministro das Minas e Energia, Sachsida disse que pediria a realização de estudos com vistas à privatização da Petrobras - e também do pré-sal.

O pedido foi o mais recente desdobramento da escalada dos preços dos combustíveis. No início da semana, numa entrevista à RedeTV, Bolsonaro voltou a desferir ataques à política de preços da Petrobras.

A política de preços é prerrogativa de uma empresa que tem no governo federal seu sócio majoritário, com amplo controle sobre o conselho de administração. A intervenção nos preços, porém, é vetada pelo estatuto da Petrobras, a menos que a estatal seja ressarcida pela União.

A Petrobras e as eleições

A recomendação para a inclusão da Petrobras no programa de privatizações também vem à tona a pouco mais de quatro meses para o primeiro turno das eleições presidenciais.

A chance de uma proposta desse porte, que precisa ser autorizada pelo Congresso, avançar a toque de caixa às vésperas de uma eleição é mínima, para não dizer nula.

Além disso, as chances também não são boas para o próximo ano: mais recentes pesquisas de intenção de voto têm sugerido que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderia vencer o pleito ainda no primeiro turno. O candidato do PT já declarou que é contra a desestatização da petroleira.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies