Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-07-16T20:20:32-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Como será o amanhã?

16 de julho de 2019
20:20
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Responda quem puder. Aliás, todas as suas decisões de investimento deveriam ter essa pergunta em mente. É com base no que será o amanhã, ou na ideia de cada um sobre o amanhã, que funciona o tal mercado financeiro.

Bola de cristal, jogo de búzios, cartomante… Na canção que ficou famosa na voz da Simone, a cigana lê o destino. Já quem é pago para administrar o dinheiro dos investidores em geral se vale da interpretação dos cenários para a economia.

Quanto mais incerto for esse cenário, menor a propensão dos investidores a se expor em aplicações de maior risco. Mas as variáveis que podem afetar essas projeções - para o bem ou para o mal - são tantas que esse trabalho muitas vezes requer uma certa dose mística.

Quem enxergou lá atrás que a reforma da Previdência caminharia no Congresso e decidiu aumentar a exposição à bolsa se deu bem - pelo menos por enquanto. Do começo do ano para cá, o Ibovespa acumula alta de 18%, ou quase três vezes o que a renda fixa deve entregar em 2019.

Com o avanço da reforma, os gestores de fundos globais que ainda estavam receosos com o país decidiram lustrar a bola de cristal. Para você ter uma ideia, no mês passado apenas 48% deles acreditavam que a bolsa brasileira encerraria este ano acima dos 110 mil pontos. Já no levantamento mais recente realizado pelo Bank of America Merrill Lynch (BofA), esse percentual aumentou para 90%.

O Eduardo Campos teve acesso à pesquisa do banco americano e conta para você o que os responsáveis por administrar quase US$ 600 bilhões esperam para o Brasil e também para a economia internacional.

Caverna do dragão

Por falar em prever o futuro, uma das gestoras de fundos mais respeitadas do país engrossou o coro dos que apostam em um ciclo mais agressivo de corte de juros. Estou falando da SPX, de Rogério Xavier, que projeta uma redução de meio ponto percentual na Selic já na próxima reunião do Copom. Mas isso não significa que a SPX esteja muito otimista com os rumos da economia global. Em sua carta mensal, a gestora estrelada fala em "leões sem dentes" e um “dragão de gelo". O que isso quer dizer?Confira na matéria da Bruna Furlani.

Entrando no clube

Groucho Marx já dizia que nunca faria parte de um clube que o aceitasse como sócio. Na bolsa, existe um clube bem restrito, o das ações que compõem o Ibovespa. A B3 calcula os papéis que fazem parte do indicador a cada quatro meses com base em uma série de critérios, como o volume financeiro negociado nos pregões. A próxima carteira do índice só entra em vigor em setembro, mas os analistas do BTG Pactual já calcularam duas ações que devem ingressar no índice. Eu conto para você quais são elas nesta matéria.

É devagar, é devagar...

Assim que o pregão de hoje foi encerrado, o Victor Aguiar não aguentou a ironia e comentou aqui na redação que a bolsa fechou o dia com uma queda “super significativa” de 0,03%. Tem sido assim nos dias que se sucederam à aprovação em primeiro turno da reforma da Previdência no plenário da Câmara, como se os investidores tivessem entrado em um modo “Martinho da Vila”. E olha que não faltou notícia para mexer com os mercados, como você pode conferir na nossa cobertura .

Vendo, não nego

Ao tomar posse como presidente do BNDES, Gustavo Montezano tratou logo de fazer uma lista de prioridades que o banco terá no segundo semestre. Entre as metas, algumas pareceram audaciosas, como a venda de R$ 100 bilhões em participações na bolsa. Há também a proposta de devolver uma boa quantia ao Tesouro Nacional, dentro da estratégia de “despedalar” o banco. Saiba mais sobre os planos do novo presidente do BNDES nesta reportagem.

Seria a volta por cima?

A operadora de telefonia Oi perdeu para a Odebrecht o nada honroso título de maior recuperação judicial da história do país. Mas a empresa ainda luta para sair do buraco e hoje apresentou um plano estratégico, no qual pretende arrecadar entre R$ 6,5 bilhões e R$ 7,5 bilhões com a venda de ativos, o que seria equivalente a 70% do seu valor de mercado. Leia mais detalhes sobre o plano da companhia e também a reação dos investidores na bolsa

Cuidado com os “xeroque rolmes”

No mundo das redes sociais, “xeroque rolmes” é aquela pessoa que faz algum comentário muito óbvio. Trata-se de uma ironia com o famoso detetive criado pelo escritor britânico Sir Arthur Conan Doyle. Mas eis que em meio à alta da bolsa começaram a pipocar vários sabichões no mercado. É claro que a popularização do conteúdo sobre finanças é muito bem vinda, mas o nosso colunista Felipe Miranda alerta para pelo menos três ideias que podem levar você a tomar péssimas decisões. Vale a leitura!

As luzes e os gráficos

Aos olhos do nosso colunista Fausto Botelho, o S&P500, principal índice de ações da bolsa de Nova York, acendeu um sinal amarelo de atenção. Mas ele acredita que o Ibovespa deve seguir em tendência de alta, a menos que os gringos atrapalhem a festa. Além de comentar sobre as bolsas daqui e dos EUA, o Fausto faz uma análise sobre onde podem chegar os papéis de grandes bancos e de companhias importantes listadas na B3, sempre com base na análise gráfica. Então, aperte o play e confira o vídeo.

Uma ótima noite para você!

 

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

balanço do dia

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies