Menu
2019-07-22T09:02:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
a bula do mercado

Mercado inicia semana sem drivers claros

Expectativa com BCE e ameaça de greve de caminhoneiros no radar

22 de julho de 2019
6:37 - atualizado às 9:02
selo bula do mercado
Imagem: Seu Dinheiro

Os ativos financeiros locais iniciam a semana sem drivers claros da direção a ser tomada em um momento de grande expectativa de investidores do mundo todo, especialmente com a proximidade das reuniões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), do Federal Reserve dos Estados Unidos (Fed) e do Banco Central do Brasil (BCB).

A decisão do BCE será conhecida ainda esta semana, mas as reuniões de política monetária do Fed e do BCB estão marcadas para a semana que vem, o que tende a manter os agentes do mercado financeiro em compasso de espera.

A expectativa é de que o BCE sinalize um corte de juro para setembro, mas declarações recentes de diretores do banco central da zona do euro deixaram aberta a porta para que algum alívio monetário seja anunciado já ao término da reunião desta semana.

Investidores ajustam posições

Enquanto os cortes esperados pelos principais bancos centrais do mundo não se concretizam, os investidores ajustam suas posições. As bolsas de valores asiáticas fecharam em queda generalizada hoje, ainda repercutindo o sinal negativo da sexta-feira em Wall Street, que também afetou o Ibovespa.

Na Europa, porém, os principais índices de ações abriram a semana com oscilações discretas, mas todos no azul, enquanto os índices futuros de Nova York também sinalizavam altas modestas.

Antes da abertura dos mercados por aqui, a pesquisa semanal Focus do Banco Central traz a expectativa de novas revisões nas estimativas do mercado para a inflação, o PIB e a taxa Selic. Nos Estados Unidos, o índice de atividade nacional do Fed regional de Chicago referente a junho também tem o potencial de orientar os primeiros movimentos dos mercados nesta segunda-feira.

Também é preciso ficar atento ao prosseguimento da temporada de balanços trimestrais em um momento no qual a política de guerra comercial de Donald Trump contra os principais parceiros comerciais dos EUA começa a cobrar a conta nos resultados financeiros de diversas companhias.

Por aqui, os ativos seguem à mercê da expectativa em torno de possíveis novidades referentes ao saque de contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Um anúncio sobre a medida foi adiado para algum momento desta semana em meio a pressões de empresários do setor de construção, uma vez que, da maneira como foi antecipada, a liberação do FGTS drenaria recursos do mercado de habitação, afetando principalmente o financiamento de obras do programa Minha Casa, Minha Vida. As ações das empresas de construção registram quedas acentuadas desde que a informação veio à tona.

Caminhoneiros ameaçam greve por tabela de frete

Mais iminente, no entanto, é a ameaça de uma nova greve de caminhoneiros no início desta semana em meio ao descontentamento com a tabela do frete divulgada no fim da semana passada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O preço do frete mínimo para o transporte rodoviário ficou muito abaixo do que esperavam os caminhoneiros.

Lembrando que os reflexos da paralisação de caminhoneiros entre maio e junho do ano passado só recentemente começaram a desaparecer da lista de justificativas para o fraco desempenho da economia no decorrer do último ano.

Enquanto isso, diante da escassez de notícias sobre a reforma da previdência por causa do recesso parlamentar, é prudente monitorar a repercussão negativa de uma série de disparates de autoria do presidente Jair Bolsonaro antes e durante uma entrevista para correspondentes estrangeiros no Brasil na última sexta-feira.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

Quando a bolsa cai, as reportagens trazem imagens de operadores de mercado em pose de desespero. O sofrimento é tanto que desconfio que sejam fotos de torcedores do Corinthians na hora do gol do adversário  – e algum tipo de montagem para inserir terno e gravata e um painel da Bloomberg ao fundo. Brincadeiras à […]

RECUPERANDO

PIB da zona do euro sobe 12,7% no 3º trimestre, superando estimativas

Maiores economias da união monetária europeia também apresentam crescimento robusto no período, puxando PIB agregado

esquenta dos mercados

Com olhar voltado para as eleições americanas e covid-19 pelo mundo, investidores retomam cautela

Eleições e aumento de casos do coronavírus pelo mundo seguem sendo os principais fatores de aversão ao risco. No Brasil, investidores também monitoram clima político

NOVIDADES

BC anuncia o Pix Cobrança, para emissão de QR Code com juros, multas e descontos

Função permitirá que lojistas, fornecedores, prestadores de serviços e outros empreendedores possam emitir um QR Code para operações de pagamento imediato ou em data futura

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil acumula 5,49 milhões de casos e 158,9 mil mortes

Ministério da Saúde informou também que casos por semana voltaram a crescer no país, enquanto mortes seguem trajetória de queda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies