Menu
2019-04-01T11:03:57-03:00
Estadão Conteúdo
Após polêmicas

BRF diz trabalhar para retomar níveis de embarque para Arábia Saudita

No mês passado, o país anunciou o descredenciamento de cinco unidades brasileiras que exportavam a proteína ao país, das quais duas da BRF

7 de fevereiro de 2019
14:22 - atualizado às 11:03
BRF
Unidade da BRF - Imagem: Divulgação

O CEO da BRF, Pedro Parente, afirmou nesta quinta-feira, 7, que a companhia trabalha para pelo menos retomar os níveis de embarque de carne de frango para a Arábia Saudita.

No mês passado, o país anunciou o descredenciamento de cinco unidades brasileiras que exportavam a proteína ao país, das quais duas da BRF.

"Na realidade, há potencial até para aumentar ainda mais as vendas para a Arábia Saudita", comentou o executivo em teleconferência com analistas para detalhar as vendas de unidades na Europa e Tailândia para a Tyson Foods.

Ainda sobre o mercado árabe, Parente ressaltou que a Arábia Saudita está entre os países em que a BRF pode atingir um crescimento inorgânico, ao lado da Turquia, previsto para os próximos anos. Este avanço pode acontecer a partir de 2021.

Questionado sobre as tarifas antidumping vigentes na China para o frango brasileiro, o CEO da BRF disse que as negociações destas taxas serão feitas em conjunto com o Ministério da Agricultura. "Não é algo que faremos sozinhos", acrescentou.

Segundo representantes do setor, a China já aceitou diminuir as taxas e as negociações sobre os porcentuais serão feitas caso a caso, com cada companhia do setor.

Em relação ao mercado europeu, o diretor global de operações da BRF, Lorival Luz, comentou que o acordo de venda de ativos para a Tyson Foods inclui uma parceria para fornecimento de produtos, o que permitirá que a companhia brasileira acesse este mercado futuramente.

Já no Brasil, Luz destacou a expectativa de melhora na geração do Produto Interno Bruto (PIB), o que pode beneficiar a companhia no mercado interno, em termos de demanda por proteínas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies