Menu
2019-11-20T09:39:58-03:00
instituição atenta

BCE aponta riscos que medidas de estímulos impõem à estabilidade financeira

Segundo a instituição, juros baixos têm incentivado excessiva tomada de riscos por instituições financeiras não bancárias e em alguns mercados imobiliários

20 de novembro de 2019
9:39
europa zona do euro banco central europeu
Imagem: Shutterstock

O Banco Central Europeu (BCE) alertou sobre possíveis efeitos colaterais de sua política monetária ultra-acomodatícia, ao destacar que anos de medidas de estímulos destinadas a impulsionar a economia da zona do euro estão contribuindo para a deterioração da estabilidade financeira.

Segundo relatório bianual sobre estabilidade financeira publicado pelo BCE nesta quarta-feira, juros baixos sustentam a atividade econômica, mas também têm incentivado excessiva tomada de riscos por instituições financeiras não bancárias e em alguns mercados imobiliários.

"Embora o ambiente de taxas de juros baixas sustente a economia de modo geral, também notamos um aumento na tomada de riscos, o que exige monitoração constante e de perto," afirmou em comunicado o vice-presidente do BCE, Luis de Guindos.

Em setembro, o BCE anunciou um amplo pacote de estímulos monetários, que incluiu o primeiro corte de juros desde 2016 e a retomada de seu programa de compras de ativos - conhecido como QE - a partir do início de novembro, numa tentativa de impulsionar o crescimento e a inflação na zona do euro.

No relatório de hoje, o BCE identificou quatro vulnerabilidades principais para a estabilidade financeira da zona do euro: a precificação incorreta de alguns ativos financeiros; o alto endividamento público e privado em vários países; a menor capacidade de intermediação dos bancos, em função de uma perspectiva de lucratividade contida; e o aumento da tomada de riscos no setor financeiro não bancário.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

projeções da corretora

XP Investimentos amplia cobertura e recomenda compra para dois FIIs de lajes corporativas

Cotas dos fundos PVBI11 e RECT11 têm potencial de alta de no mínimo 12% e oferecem rendimento de dividendo de até 8,4%

pandemia no país

Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes

O Brasil chegou a 4.455.386 casos de covid-19 desde o início da pandemia. Em 24 horas desde o boletim de ontem (16), foram registrados 36.303 novos diagnósticos positivos

seu dinheiro na sua noite

A inflação da Helena

Na semana passada, minha filha veio me perguntar sobre o aumento do preço do arroz. Ou melhor, bem ao estilo dela, nem me deu tempo de responder e trouxe na ponta da língua as razões para a disparada, incluindo a alta do dólar. A conversa me pegou de surpresa. A Helena completa 10 anos nesta […]

Bluechips salvam o dia

Ibovespa descola-se de ressaca global pós-overdose de bancos centrais e fecha em leve alta; dólar cai

Apesar da melhora pontual na bolsa brasileira, os investidores mantiveram um pé atrás pela ausência de sinalização de novas medidas de estímulo pelo Fed

larry kudlow

Casa Branca pede estímulos do Congresso para pequenos negócios nos EUA

“Um estímulo do Congresso aos pequenos negócios seria ainda melhor” para a recuperação econômica, afirmou o conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements