Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-10T11:52:27-03:00
Estadão Conteúdo
Repique da crise

BCE mantém juros, mas recalibra instrumentos de política monetária

O Conselho aumentou o volume do Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) em 500 bilhões de euros, para 1,85 trilhão de euros

10 de dezembro de 2020
11:52
Zona do Euro, União Europeia
Bandeira da União Europeia - Imagem: shutterstock

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu manter inalteradas suas principais taxas de juros após a reunião concluída nesta quinta-feira, 10, como era previsto, mas recalibrou outros instrumentos de política monetária.

O Conselho aumentou o volume do Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) em 500 bilhões de euros, para 1,85 trilhão de euros. Além disso, a instituição informou que as compras de ativos serão conduzidas até "pelo menos" março de 2022, uma extensão de nove meses. A taxa de refinanciamento do BCE permaneceu em 0% e a de depósitos, em -0,50%.

O BCE também decidiu estender as operações de refinanciamento de longo prazo (TLRO) por 12 meses, até junho de 2022.

"Três operações adicionais também serão realizadas entre junho e dezembro de 2021", diz o comunicado de política monetária. "A fim de fornecer um incentivo aos bancos para manterem o nível atual de empréstimos bancários, as condições de empréstimo recalibradas da TLTRO III serão disponibilizadas apenas aos bancos que atingirem um novo objetivo de desempenho de crédito", acrescenta o BCE.

O tamanho do Programa de Compras de Ativos (APP, na sigla em inglês), por sua vez, permanecerá inalterado em 120 bilhões de euros, a um ritmo mensal de 20 bilhões de euros.

Segundo a instituição, as compras do APP serão realizadas "pelo tempo que for necessário".

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro sobe após a abertura com boas perspectivas para os balanços e dólar avança hoje

No panorama doméstico, o risco fiscal permanece no radar, enquanto a semana conta com importantes balanços

O melhor do Seu Dinheiro

O Tesouro Direto virou tesouro de tolo? O que mexe com os mercados na semana e outros destaques

O investidor devia estar contente no começo deste ano com o que parecia uma grande oportunidade: investir no Tesouro Direto com um retorno garantido de quase 3,5% ao ano mais a variação da inflação. Naquele momento, as aplicações mais conservadoras de renda fixa estavam com rentabilidade real negativa e o Banco Central indicava que os […]

SEGREDOS DA BOLSA

Esquenta dos mercados: risco fiscal é pano de fundo para semana de Copom, IPCA-15 e balanços domésticos e no exterior

Os próximos dias serão tensos para os investidores, que devem ficar de olho na votação da PEC dos precatórios e medidas do Banco Central contra a inflação

REFORÇANDO O CAIXA

Depois de anunciar emissão de debêntures, 3R Petroleum lança oferta de ações. Entenda o que a empresa pretende fazer com quase R$ 4 bilhões a mais em seu caixa

Empresa de óleo e gás fará ofertas primária e secundária; a previsão é de que o processo de prospecção de investidores interessados se encerre em 4 de novembro

Renda fixa também varia

Terra arrasada no Tesouro Direto: sinônimo de renda fixa, títulos públicos têm perda de até 30% no ano; hora de vender ou de comprar mais?

Tensão nos mercados na última semana jogou juros para cima e preços dos títulos para baixo, mas não é de hoje que o Tesouro Direto sofre com a deterioração fiscal. Entenda o que está acontecendo e o que fazer

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies