Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-01T15:00:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
CADA UM PRA UM LADO

Dias contados para o excesso de liquidez? Dirigentes do Fed falam em tapering; diretores do BCE preferem manter estímulos

Enquanto na Europa a manutenção dos estímulos dá sinais de continuará por mais algum tempo, nos EUA os estímulos devem começar a sair de cena nos próximos meses

1 de outubro de 2021
14:59 - atualizado às 15:00
Jerome Powell em audiência no Congresso americano
Imagem: Divulgação

O choque causado pela pandemia nos primeiros meses de 2020 levou os principais bancos centrais do planeta a jorrarem liquidez sem precedentes nos mercados financeiros internacionais.

Ainda que os efeitos dessas medidas não tenham sido uniformes nas economias, o excesso de liquidez segurou a onda nos mercados financeiros e levou diversas bolsas de valores a níveis recordes nos últimos meses.

Nos últimos meses, porém, a escalada da inflação e os sinais de aquecimento econômico acima de margens confortáveis levaram as autoridades monetária dos Estados Unidos e da Europa a começarem a discutir a possibilidade de dar início a uma retirada gradual de estímulos. E isso, claro, teve impacto negativo sobre os mercados financeiros.

Momentos diferentes

Ainda assim diretores do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) e do Banco Central Europeu (BCE) parecem estar em momentos diferentes em relação ao tema.

Enquanto na Europa a manutenção dos estímulos dá sinais de continuará por mais algum tempo, nos EUA os estímulos devem começar a sair de cena nos próximos meses, mais provavelmente no início de 2022. De qualquer modo, não deve ser nada brusco.

Dirigente do Fed diz que deseja começar logo o tapering nos EUA

Ainda assim, há quem defenda o início do movimento ainda em 2021. É caso do presidente da distrital da Filadélfia do Fed, Patrick Harker.

Ele afirmou que quer começar logo o tapering - como é conhecido o processo de retirada gradual dos estímulos monetários por BCs - do Fed "logo", para que a entidade possa elevar os juros nos Estados Unidos caso seja necessário.

Durante evento organizado pela Câmara do Comércio do Condado de New Castle nesta sexta-feira, Harker afirmou que a alta inflação dos EUA é outra razão para acelerar o processo de redução dos estímulos.

Segundo ele, é possível que as pressões inflacionárias advindas da reabertura da economia global podem não ser tão transitórias quanto o esperado.

Harker defende o início do tapering a partir de novembro. Segundo ele, os estímulos monetários já não são necessários em uma economia com problemas na oferta.

No raciocínio de Harker, após o término do tapering por volta de meados do ano que vem, o Fed poderia então começar a pensar em uma alta dos juros nos EUA.

Ele alertou, no entanto, que isso não deve ocorrer antes do período entre o fim de 2022 e o começo do ano seguinte.

Dirigente do BCE diz que compras de ativos continuarão 'por algum tempo'

A dirigente do Banco Central Europeu (BCE) Isabel Schnabel afirmou nesta sexta-feira que as compras de ativos pela instituição devem continuar "por algum tempo" mesmo após o encerramento do programa emergencial, chamado de "PEPP".

Isso porque o programa regular de relaxamento quantitativo (QE), conhecido pela sigla "APP", que já existia antes da crise gerada pela pandemia, deve ser mantido.

Durante um evento virtual realizado pelo Fed de Nova York, Schnabel também disse que crises incomuns exigem respostas incomuns.

"Isso, por sua vez, implica que continuaremos a adaptar nossas ferramentas conforme apropriado daqui para frente, à medida que a economia entrar em águas mais calmas", acrescentou.

A dirigente enfatizou ainda que o compromisso do BCE em agir para cumprir a meta de inflação "nunca deve ser questionado".

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Fiscalização em alta

Empresas ligadas à quinta maior criptomoeda do mundo, são multadas por comissão nos Estados Unidos

As empresas irmãs são acusadas de fazerem “declarações falsas ou enganosas” e de “omitirem fatos relevantes” para o mercado sobre a stablecoin tether

AO VIVO

O que muda com a compra da Mosaico (MOSI3) pelo Banco Pan (BPAN4)? CEO do banco e fundador da empresa de tecnologia respondem em live com Felipe Miranda

Para entender o racional da negociação, o sócio-fundador e CIO da Empiricus conversa hoje (15) com Carlos Eduardo Pereira Guimarães e Guilherme Pacheco

Efeito dominó

Mais uma incorporadora chinesa deixa de pagar seus credores; China rompe o silêncio sobre a crise no setor imobiliário

A China Properties Group informou que não fez o pagamento de US$ 226 milhões referentes a uma emissão de notas seniores que vencia hoje

Exile on Wall Street

Dia do professor: cinco lições sobre fundos de investimento para o primeiro dia de aula

Dos brinquedos à maçã (virtual), comemora-se nesta semana as datas dos dois agentes de mudanças mais importantes de uma sociedade. Crianças têm, claro, suas aptidões naturais por exatas, humanas, ciências biológicas e artes em todas as suas formas de expressão. Mas são os professores que catalisam e alavancam esse interesse pelo conhecimento, ensinam a pensar […]

ESQUENTA DOS BALANÇOS

Prévias operacionais embalam as ações de Direcional (DIRR3) e Tenda (TEND3) hoje; veja qual construtora é a favorita dos analistas

Enquanto a Direcional entregou um trimestre de recordes, o foco exclusivo da Tenda no programa Casa Verde e Amarela pode tornar-se um problema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies