Menu
2018-10-23T19:10:41-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Investimentos

Valor de mercado dos fundos imobiliários vai a R$ 40,75 bilhões e bate recorde

Levantamento da Economatica mostra um crescimento de 19,1% do valor de mercado e retorno superior às ações

23 de outubro de 2018
12:56 - atualizado às 19:10
Imóveis em São Paulo
Imóveis em São Paulo - Imagem: Shutterstock

A consultoria Economatica apresentou um levantamento sobre os Fundos de Investimento Imobiliários (FII) e constatou que o valor de mercado do segmento atingiu a máxima histórica de R$ 40,75 bilhões em 19 de outubro, com crescimento consolidado de 19,1% no ano.

O investimento em um FII é uma forma de exposição ao setor imobiliário no qual o aplicador se torna sócio de empreendimentos comerciais, como shoppings, lajes corporativas, condomínios logísticos e outros. O dinheiro aplicado também pode ir para ativos de renda fixa, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI).

A compra das cotas acontece como a compra de uma ação, pois os ativos são negociados em bolsa de valores. O recebimento dos “alugueis” (dividend yield) é isenta de imposto de renda. Além dessa renda pingando na conta, o investidor também pode ter ganho com a valorização das cotas dos fundos.

 

* Economatica enviou uma errata, corrigindo valor de mercado originalmente reportado de R$ 43,12 bilhões.

Os mais negociados

A Economatica também chama atenção para o aumento de liquidez dos FIIs. O volume financeiro médio diário anual consolidado é de R$ 42,67 milhões (outubro até dia 19), maior já registrado historicamente. Em comparação com 2017, quando o volume médio foi de R$ 29,46 milhões, há um crescimento 44,8%.

Retorno

O levantamento também mostra que historicamente os FIIs têm registrado, na mediana, dividend yield (DY - dinheiro recebido sobre o preço da cota) superior ao das empresas listadas em bolsa. Nos 12 meses até 19 de outubro de 2018, a mediana dos FIIs é de 7,13% contra 1,80% da mediana das ações listadas na Bovespa.

A mediana do dividend yield dos FIIs da amostra sempre foi superior a 7%. O ano de 2018, no entanto, registra queda pelo segundo ano consecutivo.

No cálculo da mediana foram considerados todos os FIIs presentes em cada data da amostra, portanto, a amostra de FIIs é variável. No caso das ações foram consideradas as ações presentes em todos os anos da amostra, portanto uma amostra fixa de ações.

FIIs com maiores retornos (DY)

Também foram compilados os fundos com maiores DY. O FII Gen Shop (FIGS11) regista o melhor dividend yield anualizado em 19 de outubro de 2018 com 10,79%. Nos anos de 2016 e 2017, o FII Gen Shop registra Dividend Yield superior a 15%.

Preço e valor patrimonial

Uma forma de avaliar o preço dos FIIs é olhar o valor da cota sobre o valor patrimonial. Se menor que um indica que a cotação está abaixo do valor dos ativos que o fundo tem em carteira.

A mediana para o ano é de 0,99 vezes contra 1,02% da mediana das ações do Ibovespa.

Os mais rentáveis de 2018

Nos 12 meses até 19 de outubro de 2018 o IFIX, que serve de parâmetro para o setor, acumula queda de 1,79%, contra valorização de 10,4% do Ibovespa.

Abaixo são apresentados os 20 FIIs mais rentáveis nos 12 meses fechados em 19 de outubro de 2018. A amostra foi elaborada com FIIs que têm presença nos pregões superior a 90%.

O FII Excellen (FEXC11) é o mais rentável com 24,92% em 12 meses e 11 dos 20 fundos da lista têm retorno superior de 10% nos últimos 12 meses.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

REFORMAS

Reformas tributária e administrativa podem ir juntas ao Congresso

Em sua fala, o presidente reafirmou a necessidade de reduzir os impostos e destacou que Estados e municípios têm autonomia e independência para alterar alguns impostos. “Não culpe só a mim”

MAIS CASOS CONFIRMADOS

Novo coronavírus já infectou mais de 2 mil pessoas ao redor do mundo

Também há casos confirmados da doença nos Estados Unidos, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Vietnã, Cingapura, Malásia, Nepal, França e Austrália

MAIS DESINVESTIMENTOS?

Oi contrata Bank of America para acelerar venda de telefonia móvel, diz jornal

De acordo com o jornal O Globo, a companhia espera obter R$ 15 bilhões com o negócio

PENSATA DE DOMINGO

Nunca é tarde para entrar na bolsa. Será?

Hoje quero falar sobre a visão que eu e o Rodolfo compartilhamos para o ano de 2020. E, claro, o que você deve fazer com seus investimentos para chegar à aposentadoria precoce.

CORONAVÍRUS

Xi Jinping alerta para a ‘grave situação’ criada pela disseminação ‘acelerada’ do novo coronavírus

Até agora, as autoridades disseram que a doença já infectou mais de 1.300 pessoas e matou 41. Mas a Comissão Nacional de Saúde anunciou que 237 pacientes estão em condições graves

ECONOMIA

‘Recessão profunda torna retomada lenta’, diz economista do Insper

“Um ponto a se considerar é que, somando com os resultados de 2018, já são quase 1,2 milhão de empregos desde a crise. O mercado de trabalho demorou para responder, porque a recessão foi muito profunda, mas está respondendo”, falou Sergio Fripo

AINDA SOBRE A 'CAIXA-PRETA'

TCU dá 20 dias para BNDES explicar auditoria milionária da ‘caixa-preta’

Após um ano e dez meses focado em oito operações com as empresas JBS, Bertin, Eldorado Brasil Celulose, a auditoria não apontou nenhuma irregularidade

DE OLHO NA VALE

Vale paga multas ao governo mineiro, mas questiona cobranças do Ibama

De acordo com dados da Semad, foram aplicados até o momento 11 autos de infração em decorrência do rompimento da barragem no dia 25 de janeiro de 2019

OLHO NAS STARTUPS

Volume de aportes em startups do País cresce 80% e atinge US$ 2,7 bi em 2019

O número de aportes, por sua vez, cresceu 8,3% na comparação com 2018, mas não bateu recordes – em 2017, foram 263 investimentos no País, mas com valor individual menor, totalizando US$ 905 milhões

ACORDOS

Bolsonaro assina 15 acordos com a Índia e fala que comércio poderá superar US$ 50 bilhões até 2022

O principal acordo assinado é o de cooperação e facilitação de investimentos (ACFI), segundo o jornal Folha de S.Paulo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements