Menu
2018-11-27T13:50:56-02:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
SEU DINHEIRO GUIA

Quanto custa investir no Tesouro Direto e quais os rendimentos dos títulos?

Com baixa necessidade de capital para investir e risco pequeno, o Tesouro Direto é uma alternativa à poupança mas não está isento de taxas

14 de outubro de 2018
5:44 - atualizado às 13:50
guia do Tesouro Direto
Guia do Tesouro Direto - Imagem: Seu Dinheiro com Shutterstock

O Tesouro Direto é conservador . Por ser um investimento em renda fixa, precisa de pouco capital para investir, envolve um baixo risco, e garante retorno superior ao da poupança, com níveis parecidos de segurança. Uma boa notícia é que a maioria das corretoras, agentes de intermédio entre você e o Tesouro Direto, não cobram por essa operação.

Se você não lembra quais títulos estão disponíveis para investir no TD, leia essa matéria antes de continuar. Já leu? Então vamos lá.

O Seu Dinheiro fez um guia completo para te ajudar a compreender tudo sobre o nosso amigo TD. Nos próximos dias você vai saber:

Quanto custa?

O valor do investimento mínimo do Tesouro Direto é de R$ 30. Já o pagamento de taxas depende da corretora ou banco. Enquanto as corretoras, principalmente as menores, costumam não cobrar taxas para abrir contas ou de custódia, os bancos cobram tarifas de até 2% para essa modalidade de investimento. 

Fique atento: os rendimentos em cima do TD não são isentos de taxas e impostos. Meu colega, Fernando Pivetti, explica nessa matéria quais são elas.  

Vale lembrar também que a transferência de dinheiro (TED) do seu banco à corretora pode gerar custos que, na maioria das vezes, porém, são menos que aqueles cobrados para investir nos próprios bancos. O jeito é negociar com seu gerente uma cota de TEDs mensais.

E os rendimentos?

Se você já leu esse guia, sabe que é possível investir em títulos prefixados (indexados ao IPCA ou à Selic) e pós-fixados no TD. Enquanto no prefixado você só saberá a taxa de rendimento ao longo do tempo, nos pós-fixados o rendimento é estabelecido quando você compra o título. Ou seja, você já sabe quanto ganhará no vencimento do papel.

Veja quais são os rendimentos por títulos, de acordo com o próprio TD. Esses valores se referem à data atual e podem mudar diariamente:

Indexados ao IPCA

  • Tesouro IPCA + 2024 - 5,13%
  • Tesouro IPCA + 2035 - 5,45%
  • Tesouro IPCA + 2045 - 5,45%
  • Tesouro IPCA + com Juros Semestrais 2026 - 5,14%
  • Tesouro IPCA + com Juros Semestrais 2035 - 5,36%
  • Tesouro IPCA + com Juros Semestrais 2050 - 5,38% 

Indexados ao IPCA 

Indexados à Selic

  • Tesouro Selic 2023 - 0,01% + Selic

Prefixados

  • Tesouro Prefixado 2021 - 8,67%
  • Tesouro Prefixado 2025 - 10,67%
  • Tesouro Prefixado com Juros semestrais 2029 - 10,87%
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Estudo

Fundos imobiliários ou ações de properties: qual a melhor forma de investir no mercado imobiliário?

Estudo da gestora RBR mostra que fundos são mais eficientes para investimento imobiliário do que empresas que administram imóveis, mas o melhor veículo pode variar caso a caso.

SEXTOU COM RUY

Onde colocar seu dinheiro se a poupança está uma merda?

Portanto, se o rendimento da poupança está uma merda, não se preocupe, porque isso significa que esse é justamente o melhor momento para investir em ações

Oportunidade para o investidor

Conselho da Iguatemi aprova emissão de R$ 264 milhões em debêntures

Trata-se da oitava emissão dos títulos pela empresa, que serão negociados em série única e vinculados a uma emissão de CRI

Seu Dinheiro na sua noite

O que mudou e o que não mudou na bolsa

Quando surgiram as primeiras notícias sobre o surto do coronavírus na China, havia poucos elementos para afirmar se estávamos ou não diante de uma crise de saúde de proporções globais. Hoje já não temos mais dúvidas disso. A dolorosa queda de 7% da bolsa na quarta-feira de cinzas marcou a passagem da incerteza que tínhamos […]

É dólar na veia

Na luta para conter o dólar, Banco Central anuncia oferta de US$ 1 bilhão em contratos de swap nesta sexta-feira

Negociação será realizada na bolsa entre 9h30 e 9h40 e deve contemplar até 20 mil contratos

Dados do Banco Central

Reservas internacionais subiram US$ 976 milhões no dia 26 de fevereiro, para US$ 360,578 bilhões

Resultado reflete sobretudo a oscilação do valor de mercado dos ativos que compõem as reservas

Menor nível em quatro meses

Pressionado pelo coronavírus, Ibovespa cai mais 2,59% e fecha na mínima do dia; dólar sobe a R$ 4,47

O mercado até ensaiou um movimento de recuperação no meio da tarde, mas a cautela com o surto de coronavírus prevaleceu, derrubando o Ibovespa — apenas quatro ações do índice fecharam em alta. O dólar cravou mais uma máxima

No radar

Abimaq diz não ter dado que indique desabastecimento por causa do novo coronavírus

Setor de máquinas está promovendo ações preventivas para evitar qualquer risco de desabastecimento

Negócio em aberto

Bayer concorda com nova revisão sobre aquisição da Monsanto

Empresa vai permitir que um especialista independente revise suas regras e examine os seus principais negócios

Enchentes

Chuvas de fevereiro dão prejuízo de R$ 203 milhões ao comércio do sudeste, diz CNC

Mais da metade do rombo foi concentrado no Estado de São Paulo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements