Menu
2019-03-29T15:23:26-03:00
Em busca de um acordo

As conversas ‘amplas e transparentes’ da BRF com a Polícia Federal

Empresa teria pedido um acordo de leniência com o MPF sobre suposto esquema de pagamento de propinas para fiscais do Ministério da Agricultura

19 de outubro de 2018
13:57 - atualizado às 15:23
BRF
Unidade da BRF - Imagem: Divulgação

A BRF voltou a dizer nesta sexta-feira, 19, que colabora com o pedido de esclarecimentos da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre notícia veiculada na imprensa detalhando as negociações da empresa para um acordo de leniência com o Ministério Público Federal e da Controladoria Geral da União (CGU).

A companhia disse que tem mantido conversas de "forma ampla e transparente" com as autoridades encarregadas pelas investigações. Em paralelo, a empresa disse que mantém as avaliações internas realizadas pelo Comitê Independente de Investigação.

"A companhia entende que este processo de cooperação constante com as autoridades fortalece e consolida as mudanças e aprimoramentos que a BRF implementou em seus processos e regulamentos internos, com o objetivo de garantir os mais elevados padrões de segurança, integridade e qualidade", conclui a empresa.

De acordo com reportagem do jornal "Valor Econômico" ontemo pedido de acordo da empresa, costurado pelo CEO Pedro Parente, foi apresentado aos órgãos há algumas semanas e as equipes de negociação estão sendo montadas.

Segundo o jornal, a BRF pretende detalhar o funcionamento de um esquema de pagamento de propinas para fiscais do Ministério da Agricultura, relatando como atuava junto a esse ministério para acelerar a tramitação de processos. Ainda segundo o jornal, esses benefícios incluíam uma maior facilidade na habilitação de frigoríficos, e na edição de normas e portarias que a beneficiassem nas exportações.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements