Menu
2019-08-06T17:15:24-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercados tensos

Debandada de ministros no Reino Unido coloca em risco o Brexit

Uma votação contra o projeto de acordo pode implicar que não haja o Brexit, segundo a primeira-ministra britânica, Theresa May

15 de novembro de 2018
11:41 - atualizado às 17:15
Theresa May, primeira-ministra britânica
Theresa May, primeira-ministra britânica - Imagem: Drop of Light/Shutterstock.com

Uma debandada de ministros colocou em risco o Brexit, o plano que prevê a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

A primeira-ministra britânica, Theresa May, advertiu o Parlamento nesta quinta-feira de que uma votação contra o projeto de acordo pode implicar que não haja o Brexit.

É importante ficar de olho nessa movimentação política, porque ela deve afetar todo o mapa de investimentos. A confusão em torno do Brexit faz a cotação da libra esterlina despencar nos mercados internacionais nesta quinta-feira.

"Estou fora"

Pouco mais de 12 horas depois de May anunciar que a equipe formada por seus principais ministros combinou os termos do esboço de acordo, o ministro do Brexit, Dominic Raab, e a titular do Trabalho e Aposentadorias, Esther McVey, se demitiram, dizendo não poder endossá-lo.

Antes deles, outros dois ministros já haviam pedido o boné em meio à divisão no governo.

"Podemos escolher sair da União Europeia (UE) sem acordo, podemos escolher que não haja Brexit ou podemos escolher nos unir e apoiar o melhor acordo possível", afirmou May em discurso na Câmara dos Comuns, onde partidários e detratores criticaram o texto aprovado na véspera pelo governo.

O projeto precisa do voto de pelo menos 320 dos 650 parlamentares.

Em Londres, alguns especialistas também questionam se o governo de May terá forças para superar mais essa crise em razão das tortuosas negociações do acordo.

 

*Com agências internacionais

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies