Menu
2021-02-06T18:19:59-03:00
Estadão Conteúdo
definindo agenda

Na primeira reunião com Lira, governo pede autonomia do BC e superendividamento

Lei do Gás, a Lei Fundiária e licenciamento ambiental foram pautas futuras citadas por líder do governo, que falou em respeito ao teto de gastos

4 de fevereiro de 2021
19:05 - atualizado às 18:19
img20210204162705518MED
Reunião de Líderes para definição da pauta da semana. Dep. Ricardo Barros (PP - PR) - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), realizou nesta quinta-feira, 4, sua primeira reunião de líderes da Casa para fechar uma agenda de projetos a serem votados pelos deputados na próxima semana.

Duas prioridades do governo entraram na pauta, além de medidas relacionadas à vacinação contra a covid-19. Uma nova fase do auxílio emergencial foi debatida durante o encontro, mas a questão só deve avançar após aprovação do Orçamento 2021.

"Pedimos a autonomia do Banco Central e a lei do superendividamento, dois que estão na lista entregue por Bolsonaro a Lira e ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). De todas as prioridades que lá estão, e são muitas importantes para o Brasil, nós combinamos essas duas para que a gente possa efetivamente votar, na medida em que sabemos que haverá obstrução e temos de vencer", disse o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), ao deixar a reunião. "São as duas que estão prontas para votar, com texto e relatores definidos", acrescentou.

A Lei do Gás, a Lei Fundiária e o licenciamento ambiental foram pautas futuras citadas por Barros. "O auxílio emergencial e a ampliação do Bolsa Família serão discutidos na Comissão do Orçamento (CMO) que será instalada na semana que vem", disse. "Os recursos precisam ser encontrados no orçamento, respeitando o teto de gastos", afirmou.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Banco digital

Modalmais entra com pedido de IPO na B3 e esquenta disputa das plataformas de investimento

O pedido de IPO acontece menos de um ano depois do acordo fechado para a venda de até 35% do capital do Modalmais para o Credit Suisse, em um negócio que avaliou o banco digital em R$ 5 bilhões

bom potencial de alta

Quanto as ações da Eletrobras podem valer com a privatização? Veja os cálculos dos analistas

MP enviada ao Congresso prevê processo de capitalização da companhia, que resultará na diluição da participação do governo no capital social

Parceria vai voar?

Cade aprova joint venture entre Delta Air Lines e Latam

A suspeita é que a Delta tenha mais influência na administração da Aeroméxico do que o anteriormente informado ao Cade.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies