Menu
2021-03-12T18:36:38-03:00
Estadão Conteúdo
mudança na pasta

Guedes tem nova baixa na equipe com saída de secretário da reforma administrativa

Wagner Lenhart vai deixar o cargo; no início do mês, o então secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), Amaro Gomes, também pediu para deixar o posto

12 de março de 2021
18:35 - atualizado às 18:36
Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, Wagner Lenhart, vai deixar o cargo. Em seu lugar, assume o atual secretário-adjunto, Leonardo Sultani.

Lenhart assumiu o posto no início do governo Jair Bolsonaro e ajudou na elaboração da proposta de reforma administrativa. Ele cita razões pessoais para sua saída e nega ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) que sua decisão esteja relacionada a uma "debandada" no Ministério da Economia.

No início do mês, o então secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), Amaro Gomes, também pediu para deixar o cargo, num momento de desconfiança do mercado financeiro de que há interferência política nas empresas estatais. Gomes, porém, disse na ocasião que sua saída já estava programada.

Formado na área de Direito, Lenhart aceitou uma proposta para trabalhar na iniciativa privada, mas diz que seguirá acompanhando como cidadão os próximos passos da reforma administrativa.

Em seu comunicado de despedida, o secretário diz que a proximidade do nascimento de seu primeiro filho e o início de um novo ciclo pessoal e profissional pesaram na decisão.

"Nossa gestão sempre considerou fundamental repensar a administração pública, propondo um modelo mais digital, moderno e focado no cidadão. Me despeço grato pela oportunidade de servir ao meu País durante mais de dois anos e de trabalhar sob a liderança do ministro Paulo Guedes, pessoa que eu já admirava e passei a admirar ainda mais neste período", diz a mensagem.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies