Como ter a chance de ficar milionário, começando em 2023; veja vídeo aqui

Cotações por TradingView
2021-01-04T09:43:34-03:00
Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Entre as mais negociadas

IMC (MEAL3) entra para o índice das 100 ações mais negociadas na B3; confira se o papel vale a pena

‘A presença no IBrX-100 aumenta a visibilidade da Companhia, tornando seus ativos elegíveis para uma maior quantidade de fundos de investimento’, afirma a multinacional em comunicado ao mercado

3 de janeiro de 2021
16:49 - atualizado às 9:43
Pizza Hut
Pizza Hut - Imagem: Shutterstock

A International Meal Company Alimentação (IMC, de ticket MEAL3), dona das redes de restaurantes KFC, Pizza Hut e Frango Assado, informou ao mercado na última quinta-feira, 31, que as ações da companhia passaram a integrar o Índice Brasil 100 (IBrX 100) da B3, na carteira relativa ao primeiro quadrimestre de 2021.

O IBrX 100 indica o retorno médio dos 100 ativos mais negociados na bolsa brasileira. A seleção é feita garimpando as que apresentam a melhor combinação de liquidez com valor de mercado das ações em circulação.

"A presença no IBrX-100 aumenta a visibilidade da Companhia, tornando seus ativos elegíveis para uma maior quantidade de fundos de investimento. Com essa inclusão, as ações MEAL3 integram agora as carteiras de um total de oito índices da B3", informa a IMC em comunicado ao mercado.

Além do IBrx 100, a MEAL3 compõe os índices Small Cap (SMLL), Brasil Amplo (IBrA), Consumo (ICON), de Governança Corporativa Trade (IGCT), Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGCX), Governança Corporativa - Novo Mercado (IGC-NM) e Tag Along Diferenciado (ITAG).

MEAL3 vale a pena? Tire suas próprias conclusões

A IMC conta com 490 restaurantes, sendo 241 próprios, espalhados pela Colômbia, Estados Unidos, Panamá e Brasil, onde está a maior parte da sua operação.

De acordo com os resultados do terceiro semestre de 2020, o grupo foi fortemente impactado pela pandemia da covid-19, com receita líquida de R$ 298,7 milhões (queda de 29,7% em relação ao mesmo período de 2019) e prejuízo líquido de R$ 5,1 milhões. Na mesma data base do ano anterior, a companhia apresentou lucro de R$ 16,8 milhões.

A dívida líquida, por sua vez, diminuiu 53,6% em relação ao terceiro trimestre de 2019, caindo de R$ 184,9 milhões para R$ 85,9 milhões.

Para conter os efeitos da crise, o IMC segue focado na expansão das suas principais marcas: Frango Assado, KFC e Pizza Hut. Além disso, o grupo vem reduzindo despesas com a diminuição do número de funcionários. Em dezembro de 2019, contava com um quadro de 100%; em outubro de 2019, passou a operar com 53%.

"Vemos potenciais ganhos de eficiência no pós-pandemia, com a readequação dos quadros de pessoal, simplificação do cardápio entre outras iniciativas", informou em relatório.

Buscando soluções para contornar a pandemia

O IMC atribui os impactos na rentabilidade da operação à redução do tráfego de carros nas rodovias e queda no número de voos em aeroportos, dois locais que concentram parte significativa das lojas.

A situação foi mitigada por meio do serviço de delivery, reabertura dos balcões, aumento na venda de combustíveis em postos e o Paycheck Protection Program (PPP), programa de empréstimo comercial do governo americano para reduzir os impactos da crise do coronavírus.

A MEAL3 fechou 2020 em R$ 4,21 na B3. Antes de a pandemia derrubar as cotações da bolsa, o papel estava cotado próximo aos R$ 9.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DIA 37

Da defesa ao ataque: Lula fala — de novo — da inflação, do BC e, agora, do BNDES

6 de fevereiro de 2023 - 20:32

Presidente solta o verbo mais uma vez e questiona o nível elevado da taxa de juros, ironiza os efeitos negativos de suas críticas à política monetária e ainda destaca o papel do BNDES para impedir que o Brasil “afundasse”

TENSÃO NO AR

Balão da discórdia: o recado que a China mandou para os EUA após nova crise de espionagem

6 de fevereiro de 2023 - 19:55

Embora tenha colocado panos quentes sobre o que chamou de incidente, Pequim também subiu o tom contra Washington

Montanha de endividamento

O novo calvário da Oi (OIBR3; OIBR4): empresa declara dívidas de quase R$ 30 bilhões à Justiça do Rio; Itaú BBA puxa a fila entre os bancos nacionais

6 de fevereiro de 2023 - 19:44

A Oi (OIBR3;OIBR4) diz ter dívidas de mais de R$ 9 bilhões só com o BNY Mellon; o Itaú BBA, com R$ 2 bilhões, é o principal credor nacional

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Tremores de terra em Brasília e na Turquia, o futuro das criptomoedas e mais destaques do dia

6 de fevereiro de 2023 - 19:34

Muitos desastres ambientais, como furacões e tormentas, são facilmente monitorados e previsíveis, mas abalos sísmicos e os seus inevitáveis tremores de terra são quase sempre uma surpresa indesejável.  Mas ao contrário do que dita a natureza, Brasília consegue sentir a aproximação de um terremoto que pode rachar as estruturas do Banco Central brasileiro e a […]

'inconsistências contábeis'

Caso Americanas: “Fomos vítimas de uma fraude”, diz Verde

6 de fevereiro de 2023 - 19:20

Desempenho do fundo Verde foi parcialmente afetado pela debacle da Americanas em janeiro devido a um investimento em debênture da varejista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies