Menu
2020-11-24T21:05:00-03:00
Estadão Conteúdo
relações com os eua

Não acho que sucessão nos EUA mude disputa com China por 5G, diz Mourão

Mais uma vez questionado sobre a possibilidade de o governo brasileiro reconhecer a vitória do democrata Joe Biden na eleição americana, Mourão repetiu o discurso de que, “no momento certo, será feito o que tiver de ser feito”

24 de novembro de 2020
21:03 - atualizado às 21:05
40943119453_a654b649bb_c
(Pequim - China, 22/05/2019) Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão, durante reunião de coordenação com a delegação brasileira para a V COSBAN. Foto: Adnilton Farias / VPR -

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) disse nesta terça-feira, 24, que, na sua opinião, a sucessão presidencial nos Estados Unidos não deve mudar o caráter de disputa desse país com a China em torno da instalação da tecnologia 5G globalmente.

Para o general da reserva, que falou sem mencionar os nomes do atual presidente americano, Donald Trump, e do presidente eleito, Joe Biden, a sucessão nos EUA poderia até mudar a forma de negociar com os chineses, mas não "os fatores em disputa".

"Não acho que vá mudar porque a disputa é comercial e tecnológica, independente de governo, né. Tem a questão de semicondutores, tem a própria questão de, vamos dizer assim, são duas grandes potências que disputam o mesmo espaço", comentou o vice-presidente ao sair de reunião com o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da prisão após condenação em segunda instância, o deputado federal Alex Manente (Cidadania-SP).

Mais uma vez questionado sobre a possibilidade de o governo brasileiro reconhecer a vitória do democrata Joe Biden na eleição americana, Mourão repetiu o discurso de que, "no momento certo, será feito o que tiver de ser feito".

Ao comentar a reunião com Manente, o vice-presidente reafirmou ser favorável à prisão em segunda instância, mas insistiu que não é o articulador político do governo federal e teria deixado isso claro para o relator da PEC. "São decisões que são tomadas a outro nível, não no meu", pontuou.

Pouco antes, o deputado do Cidadania, contudo, havia dito a jornalistas que Mourão teria se comprometido a colaborar para que parlamentares da base governista participem da tentativa de formar maioria no plenário da Câmara a favor da proposta.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Educação

Ações da Cogna avançam, mesmo com prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no 1º trimestre

Confira outros destaques do balanço da empresa, que viu uma queda de 18,1% nos investimentos

Exile on Wall Street

As bolsas deixaram os fundamentos de lado esta semana — mas você não deve!

A semana é de resultados, mas não se fala em outra coisa a não ser na alta de juros, após reunião do Copom que levou a Selic para 3,5% ao ano. Além disso, a inflação americana, que veio acima da expectativa, elevou as estimativas de juros futuros nos Estados Unidos.  Com isso, mesmo empresas com […]

esg

BTG e consórcio de investidores compram ativos florestais da Arauco no Chile por US$ 385,5 milhões

Segundo o banco, a transação do TIG envolve cerca de 80,5 mil hectares de áreas florestais de “alta qualidade e com manejo sustentável”, nas regiões do Centro e Sul do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies