⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-01-30T12:37:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
visão do presidente da Casa

Impacto das eleições na agenda do Congresso será limitado, diz Maia

Segundo ele, há um grande número de deputados nessa legislatura que não têm relação com eleições municipais

30 de janeiro de 2020
12:36 - atualizado às 12:37
Rodrigo Maia
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, voltou a dizer que acredita que o impacto das eleições municipais na agenda do Congresso Nacional será limitado. Segundo ele, há um grande número de deputados nessa legislatura que não têm relação com eleições municipais.

Maia disse que o quórum pode ser afetado em alguns períodos. "É claro que em algumas semanas o quórum pode ser afetado por eleições, mas não da forma como alguns dizem na imprensa", disse.

Maia afirmou ainda que as corporações perderam força no Congresso Nacional e criticou, por exemplo, o direito a honorários de sucumbência dados à Advocacia-Geral da União no passado.

"Não sei como aprovamos isso", frisou. Ele voltou a criticar também o tamanho e abrangência da Receita Federal e, ainda, a escalada rápida dos servidores públicos em geral ao topo da carreira.

"A agenda do servidor ainda está muito contaminada com seus próprios interesses. Não pode ter um salário médio no setor público do jeito que tem e a renda per capita média no Brasil de R$ 2 mil", disse.

Guedes

Maia também voltou a cobrar a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na articulação pelas reformas econômicas no Congresso.

"Independência de Poderes não é cada um trabalhar no seu canto. Não é 'eu fiz a minha parte e agora você faz a sua'. É importante o ministro estar próximo, para mostrar à sociedade e aos parlamentares sobre a importância das reformas", disse o deputado a jornalistas, após participar de evento em São Paulo.

Guedes participou do mesmo evento antes de Maia e disse que o papel do poder Executivo é encaminhar os projetos ao Congresso, que, por sua vez, dará o ritmo da tramitação. "Cabe ao Executivo encaminhar a estrutura (dos projetos). O Congresso é quem dá o ritmo. A classe política sentou no comando da economia. Não tem mais essa de superministro", afirmou.

Maia, na sua vez, rebateu o ministro ao dizer que não pode ficar tudo nas costas do Parlamento e que a participação do governo federal é decisiva para o sucesso da agenda. Depois, na saída do evento, ao conversar com jornalistas, foi questionamento novamente sobre o tema e repetiu o argumento.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

É HORA DE COMPRAR?

Morgan Stanley altera recomendação da Weg (WEGE3) de venda para compra e papel sobe mais de 5%

30 de setembro de 2022 - 15:51

Na avaliação dos analistas, a Weg (WEGE3) tende a se beneficiar das tendências de automação, eletrificação e descarbonização do mercado e pode subir 29,3%

BITCOIN NA SEMANA

Bitcoin (BTC) passa por turbulências de bancos centrais e sobrevive a mais uma semana aos US$ 20 mil; veja o que esperar das criptomoedas agora

30 de setembro de 2022 - 13:09

Entre os destaques da semana estão a saída do CEO da Celsius, mudanças na CVM sobre decisão do faraó dos bitcoins e mais

JUST (DON’T) DO IT

Ações da Nike despencam mais de 10% após projeções menos animadoras; o que isso significa para a Centauro (SBFG3)?

30 de setembro de 2022 - 13:06

A gigante dos tênis se viu diante de níveis de estoque excessivos — e o remédio encontrado pela empresa para tentar solucionar o problema atingiu em cheio o lucro do trimestre

RESSACA

Mercado adia para segunda-feira uma reação às eleições após debate sem propostas e com muito bate-boca

30 de setembro de 2022 - 12:57

Apesar da alta vista no Ibovespa nesta sexta-feira, analistas e gestores apontam que o mercado só deve reagir ao pleito quando tiver um cenário mais concreto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies