Menu
2020-08-25T18:58:53-03:00
Estadão Conteúdo
antigo minha casa minha vida

Com juro menor, governo lança novo programa habitacional

Objetivo é de atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda com o financiamento habitacional até 2024, um incremento de 350 mil, segundo o governo

25 de agosto de 2020
12:37 - atualizado às 18:58
Vista aérea de imóveis do Minha Casa Minha Vida em processo de construção. São Paulo.
Vista aérea de imóveis do Minha Casa Minha Vida em processo de construção. São Paulo. - Imagem: Shutterstock

O governo federal lança nesta terça-feira, 25, o programa habitacional Casa Verde Amarela, que substituirá o Minha Casa Minha Vida (MCMV), criado no governo Lula, em 2009. Priorizando as regiões Norte e Nordeste, o novo desenho conta com taxas de juros menores, que vão de 4,25% a 4,5% ao ano.

O objetivo é de atender 1,6 milhão de famílias de baixa renda com o financiamento habitacional até 2024, um incremento de 350 mil, segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

De acordo com a pasta, as regiões Norte e Nordeste serão contempladas com a redução nas taxas em até 0,5 ponto porcentual para famílias com renda de até R$ 2 mil mensais, e 0,25 para quem ganha entre R$ 2 mil e R$ 2,6 mil. Nessas localidades, os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS e, nas demais regiões, a 4,5%. No MCMV, os juros partiam de 4,75% ao ano.

O programa também beneficia o Norte e o Nordeste por possibilitar que uma parcela mais abrangente de famílias seja beneficiada, com rendimento de até R$ 2,6 mil por mês. Nas outras regiões, o valor é de até R$ 2 mil. O limite do valor dos imóveis financiados também foi ampliado.

O programa ainda conta com um braço de regularização fundiária e melhoria, por meio de reformas, em residências de pessoas de baixa renda. A meta é regularizar 2 milhões de casas e realizar melhorias em 400 mil até 2024. De acordo com o MDR, o custo individual será de R$ 500 a R$ 20 mil.

Segundo o governo, a previsão é disponibilizar, até o fim do ano, mais R$ 25 bilhões do FGTS e R$ 500 milhões do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) para o programa. Os empreendimentos devem gerar, até 2024, mais de 2,3 milhões de novos postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos, disse o Planalto.

Há também uma previsão de aporte de R$ 2,4 bilhões do Orçamento Geral da União para o próximo ano, que será destinado a garantir a continuidade de obras de 185 mil unidades habitacionais contratadas, a retomada de 100 mil residências e os empreendimentos de urbanização em andamento.

O novo programa entrará em vigor a partir de uma medida provisória que será assinada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira. Com isso, o Congresso precisará chancelar as novas regras.

Segundo o Planalto, somente após a publicação da MP, as propostas serão analisadas e aprovadas pelos conselhos curadores do FGTS e do FDS. Ainda neste ano, serão publicados os primeiros editais para a contratação de regularização fundiária e melhorias habitacionais, informou o governo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mercado imobiliário

BofA está otimista com a construção civil e considera a Cyrela sua ação preferida do setor

Em relatório, analistas da instituição se mostraram otimistas com construtoras brasileiras e disseram que mercado imobiliário está apenas no começo de uma recuperação de vários anos

ANO PERDIDO

Iata piora projeção para demanda por viagens aéreas em 2020

Demanda global deve cair 66% em 2020; estimativa anterior era de queda de 63%

Aquisição

Bradesco reforça carteira digital Bitz com aquisição da fintech DinDin

Os atuais clientes da DinDin vão migrar para o aplicativo do Bitz, em um plano de transição que será elaborado após o fechamento do negócio, cujo valor não foi revelado

POTENCIAL DE ALTA DE 26,5%

Credit Suisse eleva preço-alvo de Gerdau diante do bom momento do mercado de aço

Analistas de banco suíço esperam recuperação do mercado de aço e espaço para ajustes positivos de preços

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements