Menu
2020-09-11T14:17:58-03:00
questões do governo

Bolsonaro diz estar ‘se aproximando cada vez mais de autoridades do judiciário’

Declaração foi dada pouco antes de o ministro Celso de Mello divulgar a decisão que o obriga a prestar depoimento pessoalmente no inquérito que investiga se houve interferência indevida na Polícia Federal

11 de setembro de 2020
14:17
Jair Bolsonaro
Imagem: Carolina Antunes/PR

Após duas visitas ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo federal está "se aproximando cada vez mais das autoridades do Judiciário".

Bolsonaro falou sobre o assunto na manhã desta sexta-feira, 11, durante viagem à Bahia, para a qual viajou acompanhado de três parlamentares do Estado. Segundo ele, isso demonstra uma "perfeita sintonia entre o Executivo e boa parte do Legislativo".

A declaração foi dada pouco antes de o ministro Celso de Mello divulgar a decisão que o obriga a prestar depoimento pessoalmente no inquérito que investiga se houve interferência indevida na Polícia Federal. A investigação foi aberta após acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro.

"Aos poucos, estamos nos aproximando cada vez mais das autoridades do Judiciário. Lá dentro do Tribunal de Contas da União, o Tarcísio (de Freitas, ministro da Infraestrutura) conseguiu, com a sua maneira peculiar de trabalhar, levando sempre a verdade e os interesses nacionais acima de tudo, desencravar a malha paulista", disse Bolsonaro em evento na Bahia.

Na quarta-feira, 9, na sessão de despedida do ministro Dias Toffoli do comando do Supremo, Bolsonaro falou sobre a importância da "a harmonia, o diálogo, o entendimento em momentos difíceis". Além disso, chamou o STF de "verdadeiro santuário para a Justiça brasileira" e colocou o governo à disposição da Corte.

Segundo Bolsonaro, a obra que visitou nesta sexta-feira (11) e que será concluída na Bahia, além de outras em andamento em diferentes regiões do País, demonstram que a capacidade do ministro Tarcísio em negociar é "enorme". "Temos um grande compromisso com a nação, que é fazer com que as obras aconteçam com menos recurso ou muitas vezes com criatividade."

Na comitiva de Bolsonaro na Bahia, estão os deputados José Rocha (PL-BA), João Roma (Republicanos-BA) e Dr. João (PROS-BA). Eles foram ao Estado para visitar as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na cidade de São Desidério. O presidente também viajou acompanhado dos ministros Tarcísio e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Pandemia

No momento em que o Brasil chega a cerca de 130 mil mortos pelo novo coronavírus, Bolsonaro voltou a dizer que "estamos praticamente vencendo a pandemia". Ele também afirmou que o governo "fez tudo" para que os efeitos negativos fossem minimizados.

Enquanto o Brasil ocupa o segundo lugar em número de mortes no mundo, Bolsonaro declarou que o País tem sido reconhecido no exterior como um dos que "menos sofreu com a pandemia dadas as medidas tomadas pelo governo federal".

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

o melhor do seu dinheiro

Briga de bilionários e a maior besteira da minha vida

Texto mais lido da semana foi sobre uma troca de farpas virtual entre Elon Musk e Bill Gates. O motivo da discórdia? A viabilidade de veículos elétricos para longas distâncias

críticas ao governo

Para Bill Gates, uma medida de Trump pode ter acelerado o contágio pelo coronavírus

Voz crítica ao governo americano durante a pandemia, o bilionário apontou uma medida do presidente dos EUA que não ajudou a segurar a doença nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements