Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-20T06:57:53-03:00
Estadão Conteúdo
à janela

Bolsonaro é alvo de panelaços pelo terceiro dia seguido

Em São Paulo, os protestos ocorreram em Pinheiros, aos gritos de “Fora, miliciano”, e nos bairros Bela Vista, Higienópolis, Santa Cecília, Barra Funda, Jardins, Bixiga, Perdizes e República

20 de março de 2020
6:57
Presidente da República Jair Bolsonaro
Presidente da República Jair Bolsonaro - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro foi alvo de protestos nesta quinta-feira, 19, em ao menos quatro grandes cidades do País: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Fortaleza. É o terceiro dia consecutivo que manifestantes convocam panelaços contra o presidente.

Em São Paulo, os protestos ocorreram em Pinheiros, aos gritos de “Fora, miliciano”, e nos bairros Bela Vista, Higienópolis, Santa Cecília, Barra Funda, Jardins, Bixiga, Perdizes e República.

Já no Rio de Janeiro, há relatos de panelaços nos bairros Humaitá, Laranjeiras, Lapa Santa Teresa, Glória, Jardim Botânico, Leme e Botafogo.

Belo Horizonte e Fortaleza também registraram protestos nesta quinta, com moradores batendo panela aos gritos de "Fora Bolsonaro".

No Twitter, internautas já cogitam novo panelaço no próximo sábado, 21, dia em que Bolsonaro faz aniversário. As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, formadas por centenas de movimentos sociais, sindicais e partidos de esquerda, estão convocando novo panelaço em protesto contra o presidente para a mesma data às 20h.

Na última quarta-feira, 18, ao menos 22 capitais fizeram panelaços contra o presidente. Marcados inicialmente para as 20h30, os atos ocorreram ao longo do dia, enquanto Bolsonaro fazia aparições públicas para falar sobre medidas de combate ao coronavírus.

Desde o início da tarde de quarta, o presidente tentou neutralizar o efeito do protesto contra seu governo. Nas redes sociais e em entrevista coletiva, divulgou a existência de outro panelaço, às 21h e a favor do seu governo. A mobilização pró-Planalto foi registrada em pelo menos oito capitais.

Levantamento do jornal O Estado de S. Paulo mostra que o governo passou a ser alvo de "panelaços" nesta semana até em regiões que garantiram ao presidente 80% dos votos no 2º turno contra Fernando Haddad (PT) em 2018.

Na capital paulista, uma das regiões onde protestos foram ouvidos é o bairro do Morumbi, onde urnas chegaram a registrar 80,4% dos votos válidos para Bolsonaro na eleição. Moema (onde o então candidato do PSL levou 76,8% dos votos), Jardins (75,2%), Vila Romana (74,8%) e Santana (74,7%) também registraram atos.

No Rio, o cenário é parecido. Bolsonaro teve mais de 60% da preferência dos eleitores de bairros como Ipanema (67,3% contra 32,7% de Haddad) e Freguesia, em Jacarepaguá (61,6%), e foi alvo de protestos.

Aplausaço

Nas redes sociais, também foi convocado um aplausaço, como parte de uma campanha encampada por artistas para dar uma salva de palmas aos profissionais de saúde que atuam no combate ao coronavírus.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies