Menu
2020-07-13T20:19:11-03:00
Estadão Conteúdo
números da construtora

Vendas líquidas da Cyrela no 2º trimestre somam R$ 818 milhões, queda de 57,3%

No acumulado do primeiro semestre, as vendas somaram R$ 2,175 bilhões, recuo de 26,6%

13 de julho de 2020
20:19
Prédio em construção MRV Cyrela Tenda EZTec Even Direcional
Imagem: Shutterstock

Em suas prévias operacionais do segundo trimestre de 2020, a Cyrela registrou uma queda de 57,3% nas vendas líquidas na comparação com o mesmo período de 2019, para R$ 818 milhões. No acumulado do primeiro semestre, as vendas somaram R$ 2,175 bilhões, recuo de 26,6%.

Os números mostram uma queda mais acentuada nas vendas de imóveis de alto padrão no trimestre, de 79% na comparação anual. Já na categoria Minha Casa, Minha Vida (MCMV), a queda foi de 11%. Os imóveis de médio padrão tiveram vendas 63% menores no trimestre.

De todas as vendas entre abril e junho, 17% foram de estoque de imóveis prontos, 63% de estoque em construção e 21% de lançamentos. A velocidade de vendas de lançamento atingiu 43% no trimestre.

Excluindo as permutas e tomando por base somente a participação da Cyrela nas vendas, o volume ficou em R$ 592 milhões no trimestre, queda de 56%. No semestre, o valor ficou em R$ 1,509 bilhão, recuo de 27,8%.

Os lançamentos da Cyrela somaram R$ 395 milhões no segundo trimestre, recuo de 81,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram cinco empreendimentos. Não foram realizados lançamentos de alto padrão no período.

Para o MCMV, houve R$ 250 milhões em lançamentos, queda anual de 42,6%. No semestre, o volume de lançamentos atingiu R$ 2,039 bilhões, recuo de 22,5%.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Resolvendo pendências

STF: Petrobras não precisa se sujeitar à Lei das Licitações

Nos últimos anos, a Suprema Corte tem dado decisões relativas a Petrobras que consideram o cenário de livre competição em que opera a estatal.

Pacote fiscal aguardado

EUA: Senado aprova extensão de aumento de auxílio-desemprego

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies