Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-13T16:46:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
cardápio de balanços

Hapvida, SulAmérica, B3 e outros balanços que mexem com o mercado nesta sexta

Companhias revelaram os resultados do terceiro trimestre deste ano, período ainda marcado pelo impacto da pandemia

12 de novembro de 2020
20:20 - atualizado às 16:46
balanços números
Imagem: Shutterstock

Hapvida, SulAmerica, B3, Cyrela Brazil Realty, Eztec, Natura e brMalls são algumas das empresas que devem mexer com o mercado nesta sexta-feira (13). As companhias, que fazem parte do Ibovespa, divulgaram os resultados do terceiro trimestre na noite desta quinta.

Veja os destaques de cada balanço:

Hapvida

A operadora de saúde Hapvida teve lucro líquido de R$ 247,8 milhões, alta de 16,7% na comparação com o mesmo período de 2019. A receita líquida foi de R$ 2,126 bilhões, influenciada por R$ 523 milhões vindos do Grupo São Francisco e aumento de 7,6% no tíquete médio de planos médicos, além de aumento de 2,3 milhões na base de beneficiários de saúde e odonto.

  • Lucro líquido: R$ 247,8 milhões (↑16,7%)
  • Receita líquida: R$ 2,126 bilhões (↑61,6%)
  • Ebitda: R$ 512,2 milhões (↑93,8%)

SulAmérica

A seguradora SulAmérica registrou lucro líquido de R$ 1,72 bilhão no terceiro trimestre. No relatório que acompanha os dados, a seguradora ressalta que, no terceiro trimestre, foi concluída a venda das operações de seguros de automóveis e massificados, pelo preço final de R$ 3,2 bilhões - já integralmente recebidos, com o reconhecimento de um resultado líquido extraordinário da ordem de R$ 1,4 bilhão nos números do período.

  • Lucro líquido: R$ 1,72 bilhão (↑603,8% )
  • Receita operacional líquida: R$ 5,05 bilhões (↑4,5%)

B3

Com um forte volume de negociação dos ativos, a B3 viu seu lucro líquido recorrente subir 34,4% no terceiro trimestre do ano, para R$ 1,14 bilhão. Segundo a empresa, a a manutenção dos altos volumes negociados nas plataformas da companhia contribuiu com um "sólido desempenho" financeiro e geração de caixa "robusta".

  • Lucro líquido recorrente: R$ 1,14 bilhão (↑34,4%)
  • Receita líquida: R$ 2,535 bilhões (↑49,6%)
  • Ebitda: R$ 1,666 bilhão (↑50,1%)

Cyrela Realty

A incorporadora paulistana Cyrela Brazil Realty, da família Horn, teve lucro líquido de R$ 1,403 bilhão. O resultado foi recorde na história da companhia e acabou impulsionado, principalmente, pelos ganhos de R$ 1,153 bilhão oriundos das ofertas iniciais de ações (IPOs) das incorporadoras Lavvi, Cury e Plano & Plano.

  • Lucro líquido: R$ 1,403 bilhão (↑13,5%)

Cogna

O grupo de educação dono das faculdades Anhanguera fechou o terceiro trimestre com prejuízo líquido, revertendo o lucro apurado no mesmo período de 2019, por conta de uma baixa contábil com o reconhecimento de perda no valor recuperável de ativos (impairment) na Saber e na divisão que agrega outros negócios, além de queda na receita líquida e aumento no volume de provisionamento no ensino superior.

  • Prejuízo líquido: R$ 1,292 bilhão (revertendo lucro)
  • Receita líquida: R$ 1,256 bilhão (↓17%)
  • Ebitda recorrente: R$ 229,268 milhões (↓50,5%)

Eztec

A incorporadora paulistana Eztec, da família Zarzur, teve lucro líquido de R$ 119,8 milhões. O salto no lucro é uma combinação de aumentos expressivos na receita e no resultado financeiro. Foi contabilizado um volume grande de vendas de empreendimentos de alto padrão e margens mais elevadas, como o EZ Parque da Cidade e o Z.Ibirapuera, ambos na zona sul da capital paulista.

  • Lucro líquido: R$ 119,8 milhões (↑96%)
  • Receita líquida: R$ 271,609 milhões (↑45%)
  • Ebitda: R$ 93,609 milhões (↑73%)

Natura

A Natura & Co registrou lucro líquido de R$ 377,7 milhões no terceiro trimestre de 2020. O número é praticamente estável em relação ao apresentado um ano antes, R$ 376,8 milhões. O grupo também informou em fato relevante que voltou a projetar as sinergias com a Avon entre US$ 300 milhões e US$ 400 milhões, entre 2020 e 2024.

  • Lucro líquido: R$ 377,7 milhões (↑0,24%)
  • Receita líquida: R$ 10,4 bilhões (↑31,7%)
  • Ebitda: R$ 1,457 bilhão (↑32,8%)

brMalls

A BRMalls apresentou lucro líquido de R$ 7,810 milhões. O lucro líquido ajustado foi de R$ 37,5 milhões, baixa de 79,9% na comparação entre os mesmos períodos. Houve aumento de 591,4% nas provisões para devedores duvidosos, chegando a R$ 27,807 milhões.

A receita líquida totalizou R$ 207,753 milhões, retração de 36,9%.

  • Lucro líquido: R$ 7,810 milhões (↓97,0%)
  • Receita líquida: R$ 207,753 milhões, (↓36,9%)
  • Ebitda: R$ 116,033 milhões (↓53,1%)

CPFL Energia

A CPFL Energia registrou lucro líquido de R$ 1,352 bilhão no terceiro trimestre, crescimento de 80,8% na comparação com o resultado do mesmo período de 2019. A empresa atribuiu o desempenho à melhora operacional vista nos segmentos de distribuição e geração renovável, além da redução no montante de imposto de renda. No período, a companhia observou “sinais claros” de retomada da atividade econômica.

  • Lucro líquido: R$ 1,352 bilhão (↑80,8%)
  • Ebitda: R$ 1,954 bilhão (↑20,8%)
  • Receita líquida: R$ 7,781 bilhões (↑0,4%)

Sabesp

A companhia de saneamento paulista viu o lucro líquido recuar 65,1% no terceiro trimestre, com a pandemia de covid-19 reduzindo as receitas com clientes comerciais e industriais, elevando o nível de inadimplência e provocando a postergação do reajuste das tarifas.

  • Lucro líquido: R$ 421,6 milhões (↓65,1%)
  • Receita líquida: R$ 4,438 bilhões (↓18%)
  • Ebitda ajustado: R$ 1,513 bilhão (↓49,7%)

Oi

A Oi, que está em recuperação judicial, reduziu em 54,1% seu prejuízo no terceiro trimestre, em base anual, a R$ 2,6 bilhões, influenciado pela queda nas despesas operacionais. A receita líquida recuou 6%, com a companhia ainda sentindo os efeitos da pandemia de covid-19. Em relação ao segundo trimestre, porém, a receita aumentou em 3,6%.

  • Prejuízo líquido: R$ 2,638 bilhões (↓54,1%)
  • Receita líquida: R$ 4,706 bilhões (↓6%)
  • Ebitda ajustado: R$ 1,462 bilhão (↑6,4%)

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

WEG: a favorita que levou mais uma vez a medalha de ouro

Nas competições esportivas, sempre há os favoritos ao pódio. Mas a verdade é que o esporte é uma caixinha de surpresas (ainda bem!), e nunca faltarão zebras ou imprevistos para tirar o ouro dos primeiros colocados dos rankings. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio já tivemos alguns desses episódios, como a eliminação da tenista Naomi Osaka […]

Tente outra vez

Após cancelar oferta em 2013, Vix Logística protocola novo pedido de IPO na CVM

A empresa busca recursos principalmente para turbinar a expansão de sua frota, atualmente com 20 mil veículos, e locais de atuação

FECHAMENTO DO DIA

Fed recicla discurso e não empolga, mas balanços dão gás para o Ibovespa subir mais de 1%; dólar vai a R$ 5,10

Enquanto o Fed embalava os mercados internacionais, por aqui foi a temporada de balanços que falou mais alto e levou o Ibovespa a uma alta de 1,31%

CRYPTO NEWS

Você já pensou em desistir do bitcoin?

Muitas vezes perguntamos sobre aquilo que já decidimos fazer e queremos apenas o aval dos que estão ao nosso redor

Maior da história da estatal

Ministro do STF anula condenação trabalhista de R$ 17 bilhões imposta à Petrobras

Os trabalhadores que fazem parte da ação ainda podem recorrer da decisão de Alexandre de Moraes, mas o revés já havia sido determinado em julgamento do TST

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies