Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-19T14:00:58-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Prévia operacional

Cyrela tem crescimento de vendas e lançamentos em 2020, e analistas gostam dos números

Lançamentos totalizaram R$ 2,873 bilhões, enquanto vendas líquidas somaram R$ 1,860 bilhão

19 de janeiro de 2021
11:56 - atualizado às 14:00
Prédios em construção
Imagem: Shutterstock

A Cyrela lançou 25 empreendimentos no quarto trimestre de 2020, totalizando R$ 2,873 bilhões, um aumento de 106% em relação ao quarto trimestre de 2019 e 74% ante o trimestre anterior.

Já as vendas líquidas somaram R$ 1,860 bilhão, alta de 34% em relação ao mesmo período do ano passado e 9% ante o terceiro trimestre.

No ano, os lançamentos somaram R$ 5,843 bilhões em Valor Geral de Vendas (VGV), 34% a mais do que em 2019. Já as vendas contratadas totalizaram R$ 4,930 bilhões, 7% superior a 2019.

Das vendas líquidas realizadas no quarto trimestre, R$ 310 milhões se referem à venda de estoque pronto (17%), R$ 450 milhões à venda de estoque em construção (24%) e R$ 1,101 bilhão, à venda de lançamentos (59%). Dessa forma, a Cyrela atingiu uma velocidade de vendas (indicador Vendas Sobre Oferta - VSO) de lançamentos de 38,3% no trimestre.

Mas em 12 meses, o VSO ficou em 48,4%, abaixo dos 52,8% do período de 12 meses encerrado no terceiro trimestre.

Prévias operacionais "impressionantes"

Para o BTG Pactual, as prévias operacionais da construtora e incorporadora foram fortes, e tudo aponta para um bom 2021. "A Cyrela reportou prévias operacionais impressionantes no quarto trimestre, com lançamentos e vendas líquidas fortes", escreveram os analistas em relatório.

Eles dizem acreditar que a Cyrela oferece uma combinação única de forte crescimento, bons dividendos à frente e um valuation atrativo, de duas vezes o preço sobre o valor patrimonial tangível, podendo ser considerada barata.

O BTG mantém recomendação de compra para a Cyrela, com preço-alvo de R$ 27.

Já o Bank of America (BofA) divulgou relatório avaliando as prévias operacionais de construtoras e incorporadoras brasileiras, destacando os números da Cyrela, que se saíram bem tanto no segmento de baixa renda como no de média/alta renda. A ação da construtora é a preferida do banco no setor.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies