Menu
2020-10-05T20:06:23-03:00
Estadão Conteúdo
novos focos

Shell cria nova estrutura para energia no Brasil

Estratégia de negócios da Shell Brasil em Comercialização e Novas Energias contemplará a geração e armazenamento de energias renováveis e gás natural, comercialização e otimização, e vendas a consumidores finais de soluções integradas de energia com a marca Shell

5 de outubro de 2020
19:17 - atualizado às 20:06
Shell
Imagem: shutterstock

A Shell anunciou nesta segunda-feira, 5, que montou uma nova estrutura de negócios para comercialização e geração de energia elétrica no Brasil, incluindo armazenamento (baterias), com objetivo de desenvolver um modelo integrado em energia elétrica no País.

"Este modelo integrado dá aos nossos clientes no País o acesso à diversidade de produtos e serviços, à escala e à presença que a Shell possui no mercado global de energia", afirmou em nota o presidente da Shell Brasil, André Araujo.

A estratégia de negócios da Shell Brasil em Comercialização e Novas Energias contemplará a geração e armazenamento de energias renováveis e gás natural, comercialização e otimização, e vendas a consumidores finais de soluções integradas de energia com a marca Shell.

No Brasil, um exemplo deste modelo integrado é a termelétrica Marlim Azul, joint-venture entre a Shell Brasil (29,9%), o Pátria Investimentos (50,1%) e a Mitsubishi Power System (20%). Em fase de construção, a planta terá capacidade instalada de 565,5 megawatts (MW) e será a primeira a usar o gás natural do pré-sal.

No segmento de energias renováveis, a empresa aguarda pedido para 24 outorgas de energia solar fotovoltaica em Minas Gerais, totalizando 1,1 gigawatts (GW).

Os negócios em geração e armazenamento de energia elétrica renovável e gás natural serão liderados pelo Diretor de Novas Energias da Shell Brasil, Guilherme Perdigão, enquanto Gabriela Oliveira continua sendo responsável pelo desenvolvimento de projetos de geração de energia renováveis.

Já a comercialização e a oferta de soluções integradas de energia para consumidores ficam a cargo da comercializadora Shell Energy Brasil, que opera desde 2017.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

novo sistema operacional

Microsoft apresenta o Windows 11 — aqui estão 7 novidades que você precisa conhecer

Nova versão do sistema operacional para computadores tem aplicativos de Android, novo design e Microsoft Teams melhorado; confira

Quem não arrisca...

Jive Investments aposta em agentes autônomos e educação para atingir varejo após aporte da XP

Sócio da gestora de investimentos alternativos, Guilherme Ferreira revela os motivos da preferência por operação privada ao invés de abrir capital

Aperto nas contas

Gastos extras vão reduzir ‘folga’ do teto de gastos em 2022, prevê governo

O avanço nas despesas obrigatórias, estimado em R$ 105,2 bilhões, é o que limita o “espaço livre” do governo para novos gastos no próximo ano

Inflação no horizonte

Choque de preços tem causa temporária, mas persistência maior, diz Campos Neto

Em coletiva do RTI, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, disse que os efeitos dos choques de preços têm durado mais que o previsto

De São Roque para o mundo

Aeroporto da JHSF recebe autorização para operar voos internacionais

Com aval das autoridades, São Paulo Catarina se tornará o primeiro aeroporto internacional exclusivamente dedicado à aviação executiva no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies