Menu
2021-02-18T13:08:33-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
3º trimestre

Petrobras, Vale, Bradesco, GPA e mais: confira os balanços que mexem com o mercado nesta quarta-feira

Maratona de divulgações deve ser repercutida pelos investidores brasileiros no pregão de hoje

29 de outubro de 2020
10:41 - atualizado às 13:08
balanços
Imagem: Shutterstock

A quinta-feira (29) está recheada de balanços para serem acompanhados. Os investidores devem repercutir os resultados de nomes como Petrobras, Vale e Ambev.

Outros grandes nomes da bolsa também divulgaram seus resultados trimestrais entre o fechamento de quarta-feira (28) e a manhã de hoje, caso de Grupo Pão de Açúcar, Multiplan e Usiminas.

Confira abaixo os principais números destas empresas:

Petrobras

A Petrobras teve um prejuízo líquido de R$ 1,456 bilhão, contra o lucro de R$ 9 bilhões do mesmo período do ano passado. A empresa destacou que a aprovação da adesão aos programas de anistia tributária e o prêmio pago na recompra de títulos afeteram negativamente os resultados.

  • Prejuízo líquido: R$ 1,456 bilhão
  • Ebitda ajustado: R$ 33,4 bilhões
  • Receita líquida: R$ 70,7 bilhões

Vale

A Vale teve um lucro líquido de US$ 2,9 bilhões no terceiro trimestre, alta de 76% na comparação anual. O Ebitda ajustado ultrapassou a marca dos US$ 6 bilhões. A receita líquida foi de US$ 10,7 bilhões.

  • Lucro líquido: US$ 2,9 bilhões
  • Ebitda ajustado: US$ 6,224 bilhão
  • Receita líquida: US$ 10,7 bilhões

Bradesco

O Bradesco superou as projeções e entregou um lucro líquido de R$ 5,031 bilhões no terceiro trimestre. A rentabilidade do banco subiu e ficou em 15,2%. As provisões para proteger o banco de calotes durante a crise foram de R$ 5,588 bilhões no período.

  • Lucro líquido: R$ 5,031 bilhões
  • Rentabilidade: 15,2%

Multiplan

A administradora de shopping centers Multiplan reportou lucro líquido de R$ 568,762 milhões no terceiro trimestre de 2020, alta de 368% ante o mesmo período do ano passado. A receita líquida totalizou R$ 1,021 bilhão, alta de 211% na comparação anual, enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou quase 200% na mesma base de comparação, para R$ 707,848 milhões.

  • Lucro líquido: R$ 569 milhões
  • Ebitda ajustado: R$ 704 milhões
  • Receita líquida: R$ 1,021 bilhões

GPA

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) apresentou um lucro líquido dos acionistas controladores de R$ 386 milhões - alta de 151% na comparação anual. O resultado reflete em parte o forte crescimento das operações no Brasil e no exterior, com a receita bruta consolidada atingindo R$ 23,5 bilhões. O Ebitda ajustado consolidado foi de R$ 1,7 bilhão, +29,7% na visão proforma, com margem de 7,8% (+0,8 p.p.). Houve evolução da rentabilidade em todos os negócios.

  • Lucro líquido: R$ 386 milhões
  • Receita bruta: R$ 23,5 bilhões
  • Ebitda ajustado: R$ 1,7 bilhão

Usiminas

A Usiminas reverteu prejuízo e teve lucro líquido de R$ 198,1 milhões, revertendo prejuízo do mesmo período de 2019, com crescimento de 14% da receita líquida, registrando melhores resultados nas unidades de siderurgia, mineração e transformação do aço. O desempenho fez o Ebitda subir 81%.

  • Lucro líquido: R$ 198,1 milhões
  • Receita líquida: R$ 4,4 bilhões
  • Ebitda: R$ 820 milhões

EDP Brasil

A EDP Brasil fechou terceiro trimestre com um lucro líquido de R$ 299,8 milhões, recuo de 15,3%, com a pandemia afetando o desempenho das distribuidoras de energia da companhia. A receita da companhia recuou 12% e o Ebitda caiu 9,5%.

  • Lucro líquido: R$ 299,8 milhões
  • Receita líquida: R$ 3,4 bilhões
  • Ebitda: R$ 711 milhões
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies