Menu
2020-10-28T21:15:20-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
o pior já passou?

Petrobras tem prejuízo de R$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre, com adesão a anistias tributárias

Analistas esperavam prejuízo de R$ 4,15 bilhões; após baixa com a pandemia, estatal aumentou a participação de mercado e manteve um patamar alto de exportações

28 de outubro de 2020
19:22 - atualizado às 21:15
Sede da Petrobras
Sede da Petrobras - Imagem: Shutterstock

A Petrobras registrou prejuízo líquido de R$ 1,546 bilhão no terceiro trimestre, segundo dados divulgados pela empresa nesta quarta-feira (28). No mesmo período do ano passado, a estatal lucrou R$ 9 bilhões.

Analistas consultados pela Bloomberg estimavam baixa de R$ 4,15 bilhões no período. O número é revelado em um contexto ainda de recuperação dos efeitos econômicos da pandemia de covid-19: no segundo trimestre, a Petrobras reportou prejuízo de R$ 2,71 bilhões.

A empresa destacou que a aprovação da adesão aos programas de anistia tributária e o prêmio pago na recompra de títulos afeteram negativamente os resultados.

"Excluindo os itens não recorrentes, teríamos um lucro líquido de R$ 3,2 bilhões."

Petrobras, em comunciado ao mercado

Ebitda, dívida e investimentos

A companhia informou que o Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no período chegou a R$ 33,4 bilhões, em uma alta de 2,6% na comparação anual.

Já a dívida líquida da empresa caiu 12,2% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, chegando a US$ 66,2 bilhões.

A gestão atual tem como um dos focos a redução do endividamento, com a venda de ativos em especial. Em mensagem aos acionistas, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que o desempenho é reflexo do fluxo de caixa livre, que chegou a US$ 16,4 bilhões.

O executivo lembrou que, nos últimos 21 meses, a empresa reduziu US$ 31,3 bilhões de dívida - cerca de US$ 1,5 bilhão por mês. "Esse é um fator chave para nossa companhia", disse.

Para a estatal, o desempenho contribui para a redução do risco do balanço, para o fortalecimento da empresa em meio à volatilidade do fluxo de caixa e para liberaração de recursos de investimentos.

No terceiro trimestre, os investimentos totalizaram US$ 1,6 bilhões, 15% abaixo dos três meses anteriores - segundo a Petrobras, devido às ações de resiliência adotadas em resposta à crise.

O que impactou a receita

O terceiro trimestre da Petrobras foi marcado pela recuperação da demanda de derivados de petróleo no Brasil (crescimento de 18% no trimestre no volume de vendas).

No período, a estatal aumentou a participação de mercado e manteve um patamar alto de exportações. A empresa foi ajudada pelo crescimento de 48% nos preços do petróleo tipo Brent em reais, que resultaram em 39% de aumento da receita líquida em relação aos três meses anteriores.

A Petrobras apresentou recuperação das vendas de diesel e gasolina -cuja demanda foi bastante afetada com pandemia no segundo trimestre. No caso do diesel, o periodo de safra de grãos no Brasil contribuiu para o bom desempenho do trimestre.

As receitas de exportação também aumentaram substancialmente, acompanhando os preços do Brent. Segundo a estatal, as fortes receitas de vendas foram possibilitadas por maior produção de petróleo, maior fator de utilização das refinarias e utilização do estoque de petróleo.

Em termos de composição da receita no mercado interno, o diesel e a gasolina continuaram sendo os principais produtos da empresa - respondendo, em conjunto, por 69% da receita nacional de vendas de derivados de petróleo.

As exportações de petróleo bruto para a China voltaram aos níveis pré-covid, com o aquecimento da demanda nos demais mercados, segundo a estatal.

Enxugamento

A Petrobras também apresentou um panorama do que já foi vendido pela empresa neste ano. No primeiro trimestre, a estatal conclui a venda da PO&G BV, na África, e assinou a venda do Polo Tucano Sul (campos terrestres na Bahia).

No trimestre seguinte, a companhia conclui a venda do Polo Macau (campos terrestres no Rio Grande do Norte). Já no terceiro trimestre a empresa conclui a venda da participação remanescente de 10% na TAG, do Polos Pampo e Enchova (campos de águas rasas no Rio de Janeiro), do Polo Ponta do Mel e Redonda (campos terrestres no Rio Grande do Norte), do Polo Lagoa Parda (campos terrestres no Espírito Santo).

A Petrobras ainda assinou no período um contrato para a venda do Polo Pescada (campos de águas rasas no Rio Grande do Norte), do Polo Cricaré (campos terrestres no Espírito Santo), do Polo Rio Ventura (campos terrestres na Bahia) e do Polo Fazenda Belém (campos terrestres na Bahia).

A empresa lembra que, no quarto trimestre, até o dia 25 de outrubro, havia assinado o contrato para a venda da PUDSA (ativos no Uruguai). As transações resultaram em uma entrada de caixa de US$ 1,036 bilhão em 2020, ainda conforme a estatal.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

MERCADOS HOJE

Ibovespa ignora tensão em Brasília e busca romper marca histórica; dólar recua

Exterior positivo traz fôlego aos negócios locais, mas problemas em Brasília persistem

Exile on Wall Street

Bolsa não precisa de motivos para subir e os ganhos acontecerão – mesmo no pior cenário

Do fim de fevereiro até este meio de abril, o Ibovespa retomou os 120 mil pontos rapidamente, e sem qualquer utopia. Isso nos traz uma importante lição enquanto investidores agnósticos: a Bolsa não precisa de motivos para subir. Repita o mantra: não precisa de motivos para subir, não precisa de motivos… assim como você não […]

Taxa zero pra todo o lado

Easynvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

O melhor do Seu Dinheiro

A magia dos dados da Boa Vista, Arezzo, Hering e outros destaques do dia

No começo do ano, vazaram na internet dados de mais de 220 milhões de brasileiros, incluindo CPF, nome, endereço e renda. O número é maior que o da população brasileira porque o arquivo incluía pessoas que já faleceram. Mas não são apenas criminosos que espalham referências sobre quem somos por aí. Todos os dias nós […]

Esquenta dos Mercados

Exterior deve reagir bem à temporada de balanços, enquanto tensão em Brasília aumenta

Confira esses e outros destaques para a manhã desta quinta-feira (15)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies