Menu
2020-10-28T21:15:20-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
o pior já passou?

Petrobras tem prejuízo de R$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre, com adesão a anistias tributárias

Analistas esperavam prejuízo de R$ 4,15 bilhões; após baixa com a pandemia, estatal aumentou a participação de mercado e manteve um patamar alto de exportações

28 de outubro de 2020
19:22 - atualizado às 21:15
Sede da Petrobras
Sede da Petrobras - Imagem: Shutterstock

A Petrobras registrou prejuízo líquido de R$ 1,546 bilhão no terceiro trimestre, segundo dados divulgados pela empresa nesta quarta-feira (28). No mesmo período do ano passado, a estatal lucrou R$ 9 bilhões.

Analistas consultados pela Bloomberg estimavam baixa de R$ 4,15 bilhões no período. O número é revelado em um contexto ainda de recuperação dos efeitos econômicos da pandemia de covid-19: no segundo trimestre, a Petrobras reportou prejuízo de R$ 2,71 bilhões.

A empresa destacou que a aprovação da adesão aos programas de anistia tributária e o prêmio pago na recompra de títulos afeteram negativamente os resultados.

"Excluindo os itens não recorrentes, teríamos um lucro líquido de R$ 3,2 bilhões."

Petrobras, em comunciado ao mercado

Ebitda, dívida e investimentos

A companhia informou que o Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no período chegou a R$ 33,4 bilhões, em uma alta de 2,6% na comparação anual.

Já a dívida líquida da empresa caiu 12,2% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, chegando a US$ 66,2 bilhões.

A gestão atual tem como um dos focos a redução do endividamento, com a venda de ativos em especial. Em mensagem aos acionistas, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que o desempenho é reflexo do fluxo de caixa livre, que chegou a US$ 16,4 bilhões.

O executivo lembrou que, nos últimos 21 meses, a empresa reduziu US$ 31,3 bilhões de dívida - cerca de US$ 1,5 bilhão por mês. "Esse é um fator chave para nossa companhia", disse.

Para a estatal, o desempenho contribui para a redução do risco do balanço, para o fortalecimento da empresa em meio à volatilidade do fluxo de caixa e para liberaração de recursos de investimentos.

No terceiro trimestre, os investimentos totalizaram US$ 1,6 bilhões, 15% abaixo dos três meses anteriores - segundo a Petrobras, devido às ações de resiliência adotadas em resposta à crise.

O que impactou a receita

O terceiro trimestre da Petrobras foi marcado pela recuperação da demanda de derivados de petróleo no Brasil (crescimento de 18% no trimestre no volume de vendas).

No período, a estatal aumentou a participação de mercado e manteve um patamar alto de exportações. A empresa foi ajudada pelo crescimento de 48% nos preços do petróleo tipo Brent em reais, que resultaram em 39% de aumento da receita líquida em relação aos três meses anteriores.

A Petrobras apresentou recuperação das vendas de diesel e gasolina -cuja demanda foi bastante afetada com pandemia no segundo trimestre. No caso do diesel, o periodo de safra de grãos no Brasil contribuiu para o bom desempenho do trimestre.

As receitas de exportação também aumentaram substancialmente, acompanhando os preços do Brent. Segundo a estatal, as fortes receitas de vendas foram possibilitadas por maior produção de petróleo, maior fator de utilização das refinarias e utilização do estoque de petróleo.

Em termos de composição da receita no mercado interno, o diesel e a gasolina continuaram sendo os principais produtos da empresa - respondendo, em conjunto, por 69% da receita nacional de vendas de derivados de petróleo.

As exportações de petróleo bruto para a China voltaram aos níveis pré-covid, com o aquecimento da demanda nos demais mercados, segundo a estatal.

Enxugamento

A Petrobras também apresentou um panorama do que já foi vendido pela empresa neste ano. No primeiro trimestre, a estatal conclui a venda da PO&G BV, na África, e assinou a venda do Polo Tucano Sul (campos terrestres na Bahia).

No trimestre seguinte, a companhia conclui a venda do Polo Macau (campos terrestres no Rio Grande do Norte). Já no terceiro trimestre a empresa conclui a venda da participação remanescente de 10% na TAG, do Polos Pampo e Enchova (campos de águas rasas no Rio de Janeiro), do Polo Ponta do Mel e Redonda (campos terrestres no Rio Grande do Norte), do Polo Lagoa Parda (campos terrestres no Espírito Santo).

A Petrobras ainda assinou no período um contrato para a venda do Polo Pescada (campos de águas rasas no Rio Grande do Norte), do Polo Cricaré (campos terrestres no Espírito Santo), do Polo Rio Ventura (campos terrestres na Bahia) e do Polo Fazenda Belém (campos terrestres na Bahia).

A empresa lembra que, no quarto trimestre, até o dia 25 de outrubro, havia assinado o contrato para a venda da PUDSA (ativos no Uruguai). As transações resultaram em uma entrada de caixa de US$ 1,036 bilhão em 2020, ainda conforme a estatal.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

gestão segue independente

Holding do BTG Pactual compra consultoria de energia PSR

Um dos principais objetivos da parceria é propiciar a expansão da companhia no mercado global de energia

recursos contra a doença

Câmara aprova liberação de R$ 1,9 bilhão para compra de vacinas contra Covid-19

Dinheiro vai custear contrato entre a Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca; recursos virão da emissão de títulos públicos

permissão especial

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina contra covid-19

Modo simplificado terá menos exigências do que os registros de outros medicamentos e tratamentos, mas a agência declarou que serão garantidos requisitos de segurança

seu dinheiro na sua noite

Uma previsão (conservadora) para a bolsa em 2021

Depois de tudo que passamos em 2020 (e o ano ainda não acabou), eu admiro a coragem de quem se arrisca a fazer previsões para o desempenho dos investimentos. As estimativas podem parecer mero chute — e às vezes são mesmo — mas no geral têm fundamento. Com algum trabalho, é possível calcular o fluxo […]

emissão de dívida em dólar

Tesouro capta US$ 2,5 bilhões no exterior com títulos de 5, 10 e 30 anos

Houve forte demanda pelos títulos de dívida externa, que superou a oferta em mais de 3 vezes, diz instituição; volume emitido com bônus de 10 anos foi o maior, de US$ 1,25 bi

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies