Menu
2020-02-15T17:05:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Após imbróglio com os russos

Fertilizantes Heringer homologa plano de recuperação judicial

Segundo Fato Relevante divulgado ontem pela companhia, o plano foi homologado pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Paulínia

15 de fevereiro de 2020
16:55 - atualizado às 17:05
Unidade de produção da Fertilizantes Heringer no Mato Grosso do Sul
Unidade de produção da Fertilizantes Heringer no Mato Grosso do Sul. - Imagem: Divulgação

A Fertilizantes Heringer (FHER3) homologou, na última sexta-feira (14), seu plano de recuperação judicial, aprovado na sua Assembleia Geral de Credores em 3 de dezembro do ano passado.

Segundo Fato Relevante divulgado ontem pela companhia, o plano foi homologado pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Paulínia, no estado de São Paulo.

A íntegra do plano aprovado e a ata da referida assembleia de credores podem ser encontradas na página de Relações com Investidores da companhia e no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A Heringer está em recuperação judicial desde fevereiro de 2019. Em setembro do ano passado, a companhia recebeu uma proposta de compra por dois grupos russos, o Uralkali e o Uralchem, o que levou suas ações a dispararem mais de 30% num só dia. Nos últimos 12 meses, as ações acumulam alta de 56,90%.

No entanto, a companha brasileira e os russos acabaram se desentendendo, e a Uralkali chegou a pedir ao juiz da 2ª Vara Cível de Paulínia para não homologar o pedido de recuperação judicial da Heringer em 20 de janeiro, sob a alegação de que o balanço da empresa estaria inflado e apresentaria inconsistências contábeis da ordem de R$ 700 milhões.

No início de fevereiro, a Heringer se manifestou, por Fato Relevante, alegando que os russos adotavam uma "postura questionável" durante as negociações e que vinham atuando de maneira "retaliatória" e "injustificada". A empresa negou as acusações de inconsistências nos balanços e disse estar tomando as medidas judiciais cabíveis contra os russos.

Reestruturação

O quadro de credores da Heringer é majoritariamente composto por fornecedores e instituições financeiras. Os créditos arrolados na RJ totalizam R$ 2,045 bilhões.

Para reestruturar seu passivo, a companhia suspendeu as atividades de nove unidades produtivas no fim de janeiro. Elas deverão ficar em processo de hibernação, mas mantendo suas licenças e manutenções necessárias para operar.

A operação atual conta com sete unidades de mistura, com capacidade instalada total de 2,9 milhões de toneladas por ano.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ESTRADA DO FUTURO

A equação do e-commerce: onde estamos investindo quando o assunto é varejo

O varejo é grande demais para exista um tipo de “vencedor leva tudo”. Na geração de demanda é a mesma coisa. Todos estão crescendo como derivada de uma tendência maior, que é o desenvolvimento do e-commerce

CRIPTOMOEDA

Bitcoin ultrapassa US$ 60 mil antes de abertura de capital da Coinbase Global

Criptomoeda teve alta de 4,87%, a quatro dias de IPO da maior corretora de moedas digitais dos EUA

pandemia

Mortes por Covid-19 cresceram 468% no Brasil entre janeiro e março, alerta Fiocruz

Para os novos casos, o aumento foi de 701%; Sul e Centro-Oeste tendem a cenário mais crítico nas próximas semanas.

IPCA DE MARÇO

Inflação vai a 0,93% e mercado vê risco de estourar meta

Taxa acumulada passou a 6,10% no mês passado, reforçando temor de que inflação oficial termine o ano acima do teto da meta, de 5,25%.

congresso X executivo

Orçamento tem guerra de pareceres

Câmara e Senado se armaram com notas técnicas para mostrar que o presidente Jair Bolsonaro pode sancionar o Orçamento sem vetos a emendas; Ministério da Economia já prepara próprio embasamento jurídico.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies