Menu
2020-09-18T07:14:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mercado aquecido

Cury, da Cyrela, tem preço por ação a R$ 9,35 em IPO

Com a emissão de 18,1 milhões de novas ações, a empresa teve um aumento de capital social de R$ 169,9 milhões

18 de setembro de 2020
7:14
Vista aérea de imóveis do Minha Casa Minha Vida em processo de construção. São Paulo.
Vista aérea de imóveis do Minha Casa Minha Vida em processo de construção. São Paulo. - Imagem: Shutterstock

A Cury Construtora e Incorporadora, subsidiária da Cyrela, definiu o preço por ação no IPO (oferta pública inicial) a R$ 9,35. A empresa fará distribuição primária e secundária de papéis.

Com a emissão de 18,1 milhões de novas ações, a empresa teve um aumento de capital social de R$ 169,9 milhões. O comunicado é publicado pela Cyrela um dia após a estréia na bolsa de outra subsidiária da companhia, a Plano & Plano.

A Cury foi constituída em 2007, sendo uma joint venture entre a Cyrela e a Cury Empreendimentos Ltda. com o objetivo de desenvolver projetos no segmento “Minha Casa, Minha Vida” e econômico nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Vieram fortes

Commodities e dólar em alta turbinam lucros de exportadoras no 1º trimestre

Expectativa é de efeito positivo sobre o PIB, mas comportamento desigual das empresas de capital aberto preocupa analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies