Menu
2020-07-30T10:53:06-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Perfil da crise

Bradesco: 93% dos clientes que prorrogaram dívida são bons pagadores

Banco prorrogou o vencimento de financiamentos com saldo de R$ 61 bilhões no primeiro semestre diante da crise do coronavírus, em 1,9 milhão de operações

30 de julho de 2020
10:53
Octavio de Lazari, presidente do Bradesco
Octavio de Lazari, presidente do Bradesco - Imagem: Egberto Nogueira/divulgação

O Bradesco prorrogou o vencimento das parcelas de financiamentos com um saldo total de R$ 61 bilhões diante da crise do coronavírus. O valor representa 12,8% da carteira do banco, em 1,9 milhão de operações.

O adiamento do pagamento trouxe fôlego para os devedores, mas ao mesmo tempo despertou a preocupação de que o banco tenha apenas adiado um problema de inadimplência nos próximos balanços.

Na divulgação dos resultados do segundo trimestre, o Bradesco deu mais detalhes sobre as operações prorrogadas. De acordo com o banco, os clientes que tiveram o pagamento das parcelas dos empréstimos adiadas em geral são bons pagadores.

O tempo médio de relacionamento desses clientes com o banco é de 14 anos e 93% deles não têm histórico de atraso nos últimos 12 meses. Além disso, 71% das operações contam com garantia real.

“O perfil dos clientes é muito adequado e a expectativa é que a inadimplência seja pequena”, disse Octavio de Lazari Jr, presidente do Bradesco, durante teleconferência com analistas.

A prorrogação da dívida podia ser feita por 60 dias ou 120 dias. Entre as pessoas que optaram pelo prazo mais curto e tinham a opção de pedir um novo prazo, 60% delas decidiram não prorrogar. Desse primeiro grupo, o índice de inadimplência está em 3,2%, o que Lazari considerou adequado.

De todo modo, o Bradesco voltou a ampliar as provisões para perdas no crédito no segundo trimestre, o que fez o lucro líquido do banco cair 40,1% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 3,873 bilhões.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

BDRs mais acessíveis

Investidor considera ter até 25% do patrimônio em BDRs de empresas estrangeiras, diz pesquisa da XP

Negociação dos BDRs, certificados de ações de empresas listadas em bolsas estrangeiras na B3, será liberada para qualquer investidor a partir de amanhã

Expectativa

Casa Branca mostra otimismo e prevê acordo por estímulo fiscal nas próximas 48h

As negociações entraram, em uma “nova fase” que discute impasses técnicos do pacote ainda em aberto.

fluxo cambiam

Saída de dólar supera entrada em US$ 19,753 bi no ano até 16 de outubro, diz BC

Depois de encerrar setembro com saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,056 bilhão em outubro até o dia 16

PODCAST TELA AZUL

Investindo com robôs e ajuda de inteligência artificial

Te convido a ouvir no Spotify um papo animal que eu tive com o Rodrigo Terni, da Giant Steps, a maioria gestora de fundos sistemáticos da América Latina.

Vai ter Renda Cidadã?

Maia propõe cronograma para votações

Segundo Maia, a crise “está muito mais perto, o prazo é curto e não se tomou a decisão até agora do que fazer”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies