Menu
2020-01-15T13:05:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Reflexos da crise

Boeing tem redução no número de pedidos e entregas de aeronaves em 2019

Resultado é decorrência da crise que assola a Boeing após dois acidentes com o 737 MAX, que deixou 346 mortos

15 de janeiro de 2020
8:25 - atualizado às 13:05
miniatura de Boeing 737 MAX
Miniatura de Boeing 737 MAX em exposição em Moscou em julho de 2017 - Imagem: Shutterstock

A Boeing anunciou nesta terça-feira (14) os seus números de entregas de 2019 com uma consideravel redução do apresentado em 2018.

Segundo o comunicado, a companhia teve uma queda de 87 pedidos em 2019. Ou seja, foram feitos mais cancelamentos do que novos pedidos.

O resultado é decorrência da crise que assola a Boeing após dois acidentes com o 737 MAX, que deixou mais de 340 mortos.

O modelo se encontra proibido de voar desde março e sua fabricação está suspensa desde o começo do mês até que todas as solicitações feitas por autoridades mundiais sejam contempladas.

Nesse meio tempo, os pedidos para aeronaves 737 caíram 90% durante o ano.

Quanto ao número de entregas, a companhia realizou apenas 380 entregas, menos da metade do ano anterior, quando a Boeing havia entregado 806 aeronaves.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

fechando a conta no azul

Perdeu, mas ganhou: Ibovespa tem correção e cai, mas termina semana em alta; juros disparam com inflação

Índice não conseguiu manter toada positiva vista em outros dias e recuou com quedas de bancos e Petrobras; dólar sobe com inflação maior à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies