Menu
2019-12-16T20:12:39-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
VAI SUSPENDER

Boeing vai suspender produção do 737 MAX a partir de janeiro de 2020

Em comunicado, ela disse que a “prioridade número um é o retorno seguro do modelo 737 MAX” e que vai priorizar a entrega de aeronaves já armazenadas em seu estoque

16 de dezembro de 2019
20:12
miniatura de Boeing 737 MAX
Miniatura de Boeing 737 MAX em exposição em Moscou em julho de 2017 - Imagem: Shutterstock

Depois de toda a crise envolvendo um dos principais lançamentos da Boeing, a companhia informou hoje (16) ao mercado que vai suspender a produção do modelo 737 MAX, a partir de janeiro de 2020.

Em comunicado, ela disse que a "prioridade número um é o retorno seguro do modelo 737 MAX" e que vai priorizar também a entrega das 400 aeronaves que possui no estoque.

Mesmo antes de ter a confirmação da Boeing, a notícia de que a produção poderia ser suspensa não caiu bem para os investidores. As ações da Boeing (BA) terminaram o pregão de hoje em Nova York com queda de 4,29%, cotadas em US$ 327.

Isso tudo porque os negócios envolvendo o modelo MAX da Boeing ficaram cada vez mais escassos por conta dos problemas com a versão 737.

Tudo começou depois que dois aviões produzidos pela Boeing caíram e levaram a morte de 346 pessoas. Com isso, os voos do modelo foram suspensos em março deste ano e desde então a fabricante de aeronaves passa por uma de suas maiores crises. 

Números da companhia

E o resultado do último trimestre da Boeing apenas traduz a situação complicada que vive a empresa. No terceiro trimestre deste ano, a companhia reportou um lucro de US$ 1,17 bilhão, o que representa uma queda de 51% ante o mesmo período do ano passado.

O valor por ação, indicador bastante utilizado nos Estados Unidos, também sofreu uma contração de 50% na comparação ano a ano e passou de US$ 4,07 no terceiro trimestre de 2018 para US$ 2,05 no último balanço.

A receita, por sua vez, recuou 21% e fechou em US$ 20 bilhões. O resultado foi impactado, principalmente pela uma deterioração no desempenho da divisão comercial, que reportou prejuízo operacional de US$ 40 milhões no trimestre ante um lucro de US$ 2 bilhões visto um ano antes.

Ao olhar os números do segmento de aeronaves comerciais, os valores são ainda mais preocupantes. A receita da companhia nesse segmento fechou o período em US$ 8,2 bilhões, o que representa uma queda de 41% ante o mesmo período de 2018. A contração é reflexo na queda das entregas do 737.

Durante o período, a companhia informou que foram entregues apenas 62 aeronaves contra 190 no terceiro trimestre do ano passado.

Como reflexo do cenário atual mais complicado, a Boeing também anunciou que a produção do 787 Max será reduzida de 14 para 12 aeronaves mensais por um período de dois anos contados a partir de 2020.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Investigação do Supremo

Aras pede a Fachin para suspender inquérito das fake news

O pedido veio após apoiadores bolsonaristas terem celulares e computadores recolhidos em uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta

Inquérito sobre notícias falsas

Ministro do TCU suspende anúncios do BB em sites acusados de espalhar fake news

Pela decisão, ficam excluídos da suspensão os portais, sites, blogs e redes sociais vinculados a empresas concessionárias de serviços de radiodifusão

Dados do Tesouro

Fatia da dívida atrelada à Selic sobe e prefixada cai em abril

No primeiro mês totalmente impactado pela pandemia do coronavírus, a parcela de títulos atrelados à Selic na Dívida Pública Federal (DPF) subiu de 37,74% em março para 38,7% em abril

Proposta irá a voto amanhã

Maia defende prorrogar efeitos da MP 936, que reduz jornada de trabalho

A proposta está na pauta da Câmara de hoje, porém, Maia disse que é possível que ela seja votada só amanhã, porque o relatório, segundo ele, ainda não está pronto

Fluxo cambial

Saída de dólar supera entrada em US$ 10,264 bilhões no ano até dia 22 de maio, diz BC

Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 3,787 bilhões. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira

campanha teve um mês a mais

Campanha do BB com a ACRJ renegocia R$ 185 milhões em dívidas de empresários

Segundo o BB, este resultado representa um crescimento de 41% no valor total dos acordos, em comparação com os períodos anteriores

o novo normal?

Boeing demitirá mais de 6 mil funcionários nos EUA por crise da covid-19

Gigante da aviação americana já havia concluído um programa de demissão voluntária, anunciado no mês passado, mas agora terá que dispensar parte da força de trabalho compulsoriamente

CONTRATO FIRMADO E APROVADO

Superintendência do Cade aprova aquisição pela Elanco de divisão da Bayer

A operação consiste na aquisição, pela Elanco Animal Health da divisão de saúde animal da Bayer Aktiengesellschaft (BAH).

NOVO MINISTRO

Militar recebe cargo no Ministério da Saúde cobiçado pelo Centrão

O coronel Luiz Otávio Franco Duarte, nome levado pelo ministro interino Eduardo Pazuello, foi nomeado nesta quarta-feira, 27, para comandar a secretaria.

Quinta-feira, às 12h

Imposto de Renda 2020: As respostas estão aqui

A Julia Wiltgen estará ao vivo nesta quinta-feira (28), às 12h, com o tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados Associados, para responder às perguntas dos leitores no canal do Seu Dinheiro no Youtube.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements