⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2021-02-09T14:26:15-03:00
Estadão Conteúdo
Polêmica

Boeing falhou ao não responsabilizar ex-CEO por acidentes, acusam acionistas

Na época, o plano foi discutido com o atual CEO da empresa, David Calhoun, e o então diretor-chefe Kenneth Duberstein, de acordo com e-mails internos citados no processo.

9 de fevereiro de 2021
14:26
Boeing 777X First Flight at Paine Field in Everett, Washington.
25 de janeiro de 2020. Boeing 777X faz seu primeiro voo, em Washington, nos EUA. - Imagem: Divulgação / Boeing

Uma ação judicial movida por um grupo de acionistas acusa a Boeing de ter falhado ao não responsabilizar o ex-CEO da companhia, Dennis Muilenburg, pelos problemas de seguranças do modelo 737 MAX que causaram dois acidentes fatais, matando 346 pessoas.

Leia também:

Cerca de duas semanas após o primeiro acidente, no final de 2018, Muilenburg planejou "uma campanha de relações públicas, relações com investidores e lobby", de acordo com o processo, em parte destinada a resistir enfrentar a publicidade negativas e críticas de grupos de pilotos à aeronave.

Na época, o plano foi discutido com o atual CEO da empresa, David Calhoun, e o então diretor-chefe Kenneth Duberstein, de acordo com e-mails internos citados no processo.

Ao mesmo tempo, a Boeing estava culpando erros de pilotos e de manutenção como fatores importantes na queda fatal do Lion Air Flight 610 na Indonésia, embora já tivesse iniciado um trabalho interno para consertar um sistema de controle de voo automatizado implicado naquele acidente.

Conforme consta na ação judicial, ao discutir um boletim de segurança de emergência emitido pela agência reguladora de aviação americana (FAA, na sigla em inglês) após o acidente da Lion Air, Muilenburg estava mais preocupado com possíveis interrupções no fluxo de caixa do que com questões de segurança. "Precisamos ter cuidado para que o interesse da FAA nos conteúdos manuais do voo não se transforme em um item de conformidade que restrinja as entregas no curto prazo", escreveu, em e-mail.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies