⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-25T21:25:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
De olho nos números

Gerdau, EcoRodovias, Engie, Iguatemi, Telefônica, IRB e Weg: os balanços que movimentam os mercados nesta quarta-feira

Confira os resultados das empresas que divulgaram seus números na noite de ontem e na manhã de hoje

18 de fevereiro de 2020
19:38 - atualizado às 21:25
Prancheta com relatório de desempenho
Imagem: Shutterstock

A quarta-feira (19) promete ser de mais movimentos na bolsa com o embalo da temporada de balanços anuais e do 4º trimestre de 2019.

Entre a noite de terça-feira e a manhã desta quarta ao menos seis grandes empresas divulgaram seus números: EcoRodovias, Engie, Iguatemi, IRB, Telefônica e Weg.

Ontem, o Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,29%, aos 114.977,29 pontos, após tocar os 113.532,04 pontos na mínima (-1,37%). O dólar à vista foi a R$ 4,3574, numa alta de 0,65%. Veja como foi o dia dos mercados.

Confira os principais destaques de cada balanço:

Gerdau

O lucro líquido da Gerdau atingiu R$ 1,217 bilhão em 2019, uma queda de 47% em relação ao registrado no ano anterior. O resultado ajustado, que exclui efeitos extraordinários do balanço, traz um lucro de R$ 1,295 bilhão para a Gerdau no ano, 48% abaixo do ano anterior e abaixo da estimativa dos mercados, de R$ 1,68 bilhão.

As vendas de aço pela companhia caíram 17% em 2019, para 12 milhões de toneladas. A retração é consequência de desinvestimentos feitos pela companhia na América do Norte.

A Gerdau também anunciou o pagamento de R$ 51 milhões em dividendos (R$ 0,03 por ação). Os valores serão depositados no dia 11 de março aos acionistas com posição em 28 de fevereiro.

  • Lucro líquido (2019): R$ 1,217 bilhão (↓47%)
  • Ebitda (2019): R$ 5,712 bilhões (↓14%)
  • Receita líquida (2019): R$ 39,6 bilhões (↓14%)

EcoRodovias

A concessionária apresentou lucro líquido de R$ 290,4 milhões em 2019, resultado que representa uma forte queda de 26,1%. Na geração de caixa, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) pró-forma fechou o ano em R$ 2,033 bilhões, alta de 15,5% na comparação com 2018. Já a receita líquida subiu 17% em 2019 e alcançou R$ 2,945 bilhões.

  • Lucro líquido (2019): R$ 290,4 milhões (↓26,1%)
  • Ebitda (2019): R$ 2,033 bilhões (↑15,5%)
  • Receita líquida (2019): R$ 2,516 bilhões (↑17%)

Engie

A empresa de energia apresentou um lucro líquido de R$ 2,311 bilhões em 2019, praticamente estável em relação ao ano anterior (-0,2%). A geração de caixa medida pelo Ebitda alcançou R$ 5,163 bilhões, alta de 18,2%, enquanto a receita líquida da companhia foi a R$ 9,804 bilhões, alta de 11,5%.

  • Lucro líquido (2019): R$ 2,311 bilhões (↓0,2%)
  • Ebitda (2019): R$ 5,163 bilhões (↑18,2%)
  • Receita líquida (2019): R$ 9,804 bilhões (↑11,5%)

Iguatemi

A administradora de shoppings centers no Brasil veio bem e registrou lucro líquido de R$ 314,3 milhões no ano passado, alta de 20,7% na comparação com 2018. O Ebitda da companhia fechou o ano em R$ 635,7 milhões (↑13,8%) enquanto a receita líquida encerrou o período em alta de 4,5%, a R$ 754,2 milhões.

  • Lucro líquido (2019): R$ 314,3 milhões (↑20,7%)
  • Ebitda (2019): R$ 635,7 milhões (↑13,8%)
  • Receita líquida (2019): R$ 754,2 milhões (↑4,5%)

Telefônica

A Telefônica apresentou no quarto trimestre um lucro líquido pro forma de R$ 1,364 bilhão. No ano, houve uma queda nessa linha do balanço, conforme abaixo. Mas considerando o lucro líquido corrente a alta foi de 2,5% em 2019.

  • Lucro líquido pro forma (2019): R$ 5,3 bilhões (↓40,6%)
  • Ebitda em 2019: R$ 16,232 bilhões (↓8,9%)
  • Receita líquida operacional em 2019: R$ 44 bilhões (↑1,9%)

IRB Brasil

Alvo de questionamentos sobre o balanço que levaram a uma perda de 20% do valor de mercado apenas em fevereiro, a empresa de resseguros IRB Brasil registrou lucro líquido de R$ 1,764 bilhões no ano passado, um aumento de 44,7% em relação a 2018. Saiba mais.

  • Lucro líquido (2019): R$ 1,764 bilhões (↑44,7%)
  • Volume de prêmios (2019): R$ 8,5 bilhões (↑22,3%)

Weg

A Weg informou um lucro líquido de R$ 500,4 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 49,3%. No ano, a expansão foi de 20,6%. Veja os principais números:

  • Lucro líquido (2019): R$ 1,6 bilhão (↑20,6%)
  • Ebitda em 2019: R$ 2,444 bilhões (↑23,1%)

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies