Menu
2020-03-25T13:21:02-03:00
Estadão Conteúdo
Países pobres

FMI e Banco Mundial pedem que credores suspendam dívida de países pobres

entidades dizem que a pandemia de coronavírus deve ter “consequências econômicas e sociais severas” para essas nações, que abrigam um quarto da população mundial

25 de março de 2020
13:21
Pessoas de máscara na China.
Pessoas de máscara na China - Imagem: Shutterstock

O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial emitiram comunicado conjunto para o G-20, solicitando um "alívio da dívida para os países mais pobres". No texto, as entidades dizem que a pandemia de coronavírus deve ter "consequências econômicas e sociais severas" para essas nações, que abrigam um quarto da população mundial e dois terços da população que vive em extrema pobreza.

Nesse quadro, o FMI e o Banco Mundial pedem que os credores bilaterais oficiais dessas nações suspendam os pagamentos de dívida delas, ajudando em suas necessidades imediatas de liquidez para lidar com a crise, além de dar assim tempo para se avaliar o impacto da crise e as necessidades financeiras de cada um deles.

As duas entidades pedem ainda que os líderes do G-20 encarreguem algumas entidades, entre elas o próprio FMI, de avaliar o quadro para identificar quais países têm situação insustentável de dívida, preparando uma proposta de ações abrangentes dos credores bilaterais tanto por meio de financiamento como de alívio nas dívidas.

O FMI e o Banco Mundial dizem que esse alívio nas dívidas dos países mais pobres neste momento daria uma "sensação global de alívio para os países em desenvolvimento, bem como um sinal forte para os mercados financeiros".

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies