Menu
2020-06-02T17:45:24-03:00
Dados de associação

Comércio paulistano cai 67% nas vendas de maio

Mês é estratégico em razão do Dia das Mães

2 de junho de 2020
17:45
Comércio
Imagem: Fotos Públicas

A queda média no movimento do comércio paulistano em maio foi de 67%, na comparação com o mesmo período de 2019. O mês é estratégico em razão do Dia das Mães, considerado a segunda data mais importante do varejo físico. Logo, os impactos desta queda no acumulado do ano são visíveis.

No acumulado do últimos 12 meses em comparação com os 12 meses anteriores, já se registra queda de 10% na média de vendas. Já na comparação do mês de maio deste ano com abril de 2020 houve alta de 5%. O aumento de vendas é sazonal, puxado justamente pelas compras relacionadas ao Dia das Mães.

Os dados são do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). E segundo o economista da instituição, Marcel Solimeo, a queda é "brutal". "Com o início da flexibilização, elas (as lojas) estão tentando pôr a cabeça para fora para faturar um pouco no Dia dos Namorados, mas no ritmo que está, com o aumento do desemprego e a queda na renda, talvez nem isso", diz.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP, com base em amostra fornecida pela Boa Vista Serviços.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Bolsa em alta

Petrobras e Vale têm ganhos firmes e puxam a recuperação do Ibovespa; dólar cai

Dados mais fortes na China deram forças ao setor de commodities, impulsionando as ações da Vale e da Petrobras e ajudando o Ibovespa como um todo

Presidente da Câmara

Câmara deve retomar debate sobre reforma tributária na 4ª, diz Maia

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aguardava a retomada da comissão mista, que reúne deputados e senadores, mas não foi possível, por isso, dará continuidade apenas na Câmara

Lael Brainard

Para diretora do Fed, é excepcionalmente importante admitir que ventos contrários vão durar

Nesse contexto, a diretora Lael Brainard defendeu os apoios fiscal e monetário como cruciais para sustentar o quadro econômico, no contexto atual da pandemia

Projeções para a bolsa

“Não é trivial romper a barreira dos 100 mil pontos do Ibovespa”, diz Beker, do Bank of America

David Beker, chefe de economia e estratégia do Bank of America no Brasil, falou sobre sua visão para a economia global e o comportamento do Ibovespa nos próximos meses

gigante aérea americana

Delta tem prejuízo de US$ 5,7 bilhões no 2º trimestre e estima que levará mais de dois anos para se recuperar

No mesmo período do ano passado, a aérea teve lucro de US$ 1,44 bilhão. Delta diminuiu em 70% a queima de caixa em junho, em comparação aos últimos dias de março. Ações caem 2% em Nova York

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements