Menu
2020-06-02T17:45:24-03:00
Estadão Conteúdo
Dados de associação

Comércio paulistano cai 67% nas vendas de maio

Mês é estratégico em razão do Dia das Mães

2 de junho de 2020
17:45
Comércio
Imagem: Fotos Públicas

A queda média no movimento do comércio paulistano em maio foi de 67%, na comparação com o mesmo período de 2019. O mês é estratégico em razão do Dia das Mães, considerado a segunda data mais importante do varejo físico. Logo, os impactos desta queda no acumulado do ano são visíveis.

No acumulado do últimos 12 meses em comparação com os 12 meses anteriores, já se registra queda de 10% na média de vendas. Já na comparação do mês de maio deste ano com abril de 2020 houve alta de 5%. O aumento de vendas é sazonal, puxado justamente pelas compras relacionadas ao Dia das Mães.

Os dados são do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). E segundo o economista da instituição, Marcel Solimeo, a queda é "brutal". "Com o início da flexibilização, elas (as lojas) estão tentando pôr a cabeça para fora para faturar um pouco no Dia dos Namorados, mas no ritmo que está, com o aumento do desemprego e a queda na renda, talvez nem isso", diz.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP, com base em amostra fornecida pela Boa Vista Serviços.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil registra 209,9 mil mortes e 8,48 milhões de casos de covid-19

Nas últimas 24 horas, foram notificados 551 óbitos e 33.040 novos diagnósticos de covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde

entrevista exclusiva

Para Figueiredo, da Mauá e ex-BC, as ações no Brasil estão baratas

Sócio fundador da Mauá Capital diz que economia deve se recuperar e a Bolsa terá bom desempenho em 2021, desde que não haja descuido do lado fiscal

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies