Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-21T12:38:50-03:00
Rafaella Bertolini
Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

21 de junho de 2021
12:38
Crédito
Imagem: Shutterstock

O mercado de crédito no Brasil sempre foi um indicador importante do quanto a economia está aquecida, e da confiança de consumidores e empresas. E segundo dados da entidade que reúne os grandes bancos que atuam no Brasil, a temperatura parece subir.

Segundo a Pesquisa Especial de Crédito da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), que antecipa os dados oficiais a serem divulgados pelo Banco Central na próxima segunda, 28, as concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses.

No ajuste por dias úteis, o volume médio de concessões deve diminuir apenas 0,3% em relação a abril. 

A Febraban avalia que a flexibilização das medidas de distanciamento deve seguir impulsionando o consumo das famílias, o que gera efeito positivo sobre o crédito livre.

Segundo a pesquisa, o volume de concessões para pessoas físicas deve crescer 7,2% em maio, com expansão tanto nas operações com recursos livres (6,8%) quanto com recursos direcionados (9,5%). 

As concessões destinadas às empresas devem mostrar avanço de 1,9% no quinto mês do ano. Na média por dia útil, no entanto, o resultado deve ser uma retração de 3%, com queda em ambos os segmentos.

O maior impacto negativo deve vir das operações direcionadas (-13,2%), em função da interrupção dos programas públicos de crédito. As concessões com recursos livres, por sua vez, devem mostrar uma retração mais modesta, de 2,4%.

Também segundo a Pesquisa, o saldo total da carteira de crédito deverá apresentar crescimento de 1,1% em maio, representando o melhor resultado para o mês desde 2013, quando a alta foi de 1,6%. 

Caso a estimativa seja confirmada pela Nota de Política Monetária e Operações de Crédito do Banco Central, o ritmo de expansão da carteira deve mostrar nova aceleração na comparação em 12 meses, de 15,1% para 15,9%,.

As projeções da Pesquisa Especial de Crédito da Febraban são feitas com base em dados consolidados dos principais bancos do país, que representam de 38% a 89% do saldo total do Sistema Financeiro Nacional, dependendo da linha, além de outras variáveis macroeconômicas que impactam o mercado de crédito.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

segredos da bolsa

Esquenta dos mercados: Copom e payroll devem movimentar os negócios junto com balanços dos grandes bancos

Além disso, os mercados amanheceram com apetite de risco nesta-segunda-feira; confira

Decolagem vertical

De olho nas cidades, Azul fecha parceria com startup alemã para ter carro voador

Acordo prevê a aquisição de 220 aeronaves fabricados pela Lilium, com um valor que pode chegar a US$ 1 bilhão e operação a partir de 2025

cardápio da semana

Itaú, Bradesco, BB e Petrobras divulgam resultados nesta semana; saiba o que esperar

Depois do baque com o início da pandemia, companhias que fazem parte do Ibovespa devem registrar uma alta anual de 255% do lucro por ação; veja agenda da semana

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies